Blog do Garrone

Deu no D.O.

DEUNODODiversos – A compra de materiais de expediente, higiene e limpeza – os chamados “diversos” – da Prefeitura de São João Batista foi realizada por meio de três contratos, todos assinados em 2 de fevereiro, com uma só empresa. O negócio foi do tipo fornecimento parcelado e saiu por módicos R$ 2.186.347,20. Quem levou foi a A. dos S Rodrigues Soares Eireli – ME, que tem até 31 de dezembro para honrar os contratos.

Diversos 2 – A Prefeitura de Marajá do Sena também tem contratos para materiais diversos. Por lá foram dois contratos com a mesma empresa, a J Dos S Lopes Filho Comércio – ME, ambos formalizados em 25 de abril, mas com objetos diferentes. Somadas as duas compras saíram por R$ 1.754.296,12: o contrato para gêneros alimentícios custou R$ 787.905,62 e o de material de expediente saiu por R$ 966.390,50. Estão valendo até 31 de dezembro.

Reforma – Tem dobradinha de contratos para serviços de manutenção de prédios públicos em Matinha, válidos até 31 de dezembro. A EURO Construções e Serviços Ltda., que saiu vencedora, assinou os documentos em 13 de abril e deve receber R$ 1.418.502,44.

Tapa buracos – Já para recuperação de estradas vicinais a mesma Prefeitura de Matinha fechou contrato com a empresa A2 Construções Ltda – ME no valor de R$ 1.307.279,07. O documento, assinado em 28 de março, vale por 180 dias.

Tapa buracos 2 – Ainda uma vez Matinha, que também tem contrato para recuperação das vias urbanas. A Prefeitura fechou contrato com a Pentágono Comércio e Engenharia Ltda. em 29 de fevereiro e acertou o valor em  um total de R$ 999.039,24. A empresa recebeu prazo de 180 dias para concluir o serviço.

Tapa buracos 3 – A Prefeitura de Buritirana precisou de três contratos com duas empresas para recuperação de ruas e estradas, e vai pagar um total de R$ 2.996.656,83. Com a Construset Ltda. fechou a pavimentação de ruas pelo valor de R$ 1.948.953,95 e a empresa recebeu prazo de seis meses. Já com a Campo Alegre Empreendimentos Ltda. foram celebrados os outros dois contratos, no valor de R$ 1.047.702,88: um para recuperação de estradas vicinais e outro para pavimentação de ruas.  Ambos são válidos por três meses. Toda a papelada foi assinada em 3 de maio.

De um tudo – A empresa A M S Carneiro – ME é o tipo de empresa faz tudo, tanto que ganhou quatro contratos da Prefeitura de Benedito Leite, todos formalizados em 9 de março, pelos quais deve receber um total de R$ 1.236.200,00. Cada contrato, um produto diferente: gêneros alimentícios (R$ 304.900,00); material de limpeza e higiene (R$ 313.000,00); material de expediente (R$ 429.000,00) e material didático (R$ 189.300), O pacote é válido por 10 meses.

Pit Stop – Saiu por R$ 584.972,20 o pacotão de oito contratos que a Prefeitura de Anapurus fechou com uma só empresa, a L.K. Silva e S. Simões Comércio – ME, em 26 de abril. Quatro foram para compra de peças para veículos (R$ 403.732,20) e os outros quatro para compra de pneus (R$ 181.240,00). A empresa tem até janeiro de 2017 para honrar o negócio.

Poda – Ainda em Anapurus temos contrato de R$ 127.870,00 para serviços de roço lateral assinado em 19 de abril e válido por nove meses. Quem levou foi a empresa BPS Transportes Ltda – ME.

Bem na foto – Em São João dos Patos a Prefeitura firmou contrato no valor de R$ 390.342,00 com a empresa VIRGU`S Fotos Comunicação Visual Ltda – ME para confecção de adesivos, molduras em quadros e placas. Tudo assinado em 14 de abril, valendo até 31 de dezembro.

Brisa – Para serviços de manutenção de ventiladores e fornecimento de peças e manutenção em eletroeletrônicos de escolas municipais a Prefeitura de Codó tem contrato assinado com a L D de Oliveira Alves Eireli – ME desde 25 de abril. Até o final de dezembro a empresa tem a receber um total de R$ 221.430,00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *