Logo
  • Uma semana após ser forçada a dar entrevista, Roseana desaparece mais uma vez

    A ex-governadora Roseana Sarney dá entrevista e desaparece outra vez

    A ex-governadora Roseana Sarney levantou do sofá na última sexta-feira para ir até a sua rádio e afirmar que continua pré-candidata ao governo do Estado. Nos bastidores políticos, a notícia que correu foi que ela foi forçada pelo irmão, o deputado Sarney Filho, a se apressar em diminuir a crescente notícia da sua desistência.

    Com José Sarney nos Estados Unidos para acompanhar a esposa em um tratamento de saúde, coube a Zequinha não deixar que a irmã faça a sua vontade e desista de disputar o governo. De olho em uma vaga no Senado, é essencial para o deputado que Roseana seja candidata para que sua chapa não fique mais enfraquecida ainda.

    Sem a mínima vontade de disputar a eleição e ciente da derrota que a espera no confronto contra Flávio Dino, Roseana teve mais certeza ainda que a volta à vida pública está complicada para ela após a fracassada caravana que percorreu 30 municípios no mês passado.

    Durante a entrevista na última sexta-feira, ela demonstrou toda sua aversão aos políticos, ao admitir que só os procura em período de eleição. Roseana confessou também que só visita o interior do Maranhão por mero interesse eleitoral.

    De volta ao sofá, Roseana Sarney sumiu novamente. No meio político, todos apostam que é desta forma que ela acompanhará as eleições de outubro. Como nem ela consegue dar uma resposta convincente, cada dia mais crescem as especulações sobre a sua desistência.

    1 comentários para “Uma semana após ser forçada a dar entrevista, Roseana desaparece mais uma vez

    1. josé disse:

      a oligarquia bilionária e não quer soltar o osso do cofre do Maranhão —Não sabem viver sem o amado e estimado cofre do Maranhão— MAS o povo acordou do PESADELO SARNA e não vota mais neles , tomamos NOJO E VERGONHA . GRAÇAS A DEUS.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo