Logo
  • Sarney é responsável por filha de mensaleiro no Ministério do Trabalho e explorador sexual na Câmara

    Após o anúncio de que Cristiane Brasil (PTB-RJ) seria a nova ministra do Trabalho e Emprego, uma chuva de críticas atingiu mais uma vez o governo de Michel Temer. Além de filha de ser filha de Roberto Jefferson, personagem símbolo do mensalão do PT, ela é citada em delação da Odebrecht. Para piorar, com sua saída da Câmara Federal, quem assume é Nelson Nahin (PSD-RJ), condenado à prisão por exploração sexual de menores de idade e irmão do ex-governador Anthony Garotinho (PR-RJ).

    O desgaste que Michel Temer vem sofrendo nos últimos dias por essas suas escolhas tem um culpado: José Sarney. Primeiramente, a bancada do PTB havia escolhido o nome do deputado federal Pedro Fernandes para assumir o ministério. Mas o oligarca maranhense acabou vetando a escolha, já que atualmente o parlamentar é aliado do seu adversário político, o governador Flávio Dino (PCdoB).

    Como não aceitou ceder as pressões para apoiar a candidatura da sua filha Roseana e abandonar a aliança com o comunista, Fernandes acabou tendo seu nome vetado pelo presidente Michel Temer a pedido de José Sarney. A atitude gerou um embaraço entre a bancada do PTB e o Planalto, que acabou sendo resolvido com a nomeação de Cristiane Brasil para o Ministério.

    Se antes o incômodo era apenas com José Sarney, agora ele está com uma amplitude bem maior. A imprensa nacional tem massacrado tanto o veto ao nome de Pedro Fernandes, quanto a escolha da nova ministra que, além dos seus próprios escândalos, ainda alça na Câmara Federal outro nome bastante controvertido no meio político.

    Com isso, Michel Temer chama para si ainda mais desgaste. Num momento em que o governo tenta virar a página de escândalos envolvendo aliados e o próprio presidente, o Palácio do Planalto reforça a imagem de que está alheio à realidade na escolha de novos ministros.

    Desta vez, o grande culpado por mais um erro de Temer foi José Sarney.

    2 comentários para “Sarney é responsável por filha de mensaleiro no Ministério do Trabalho e explorador sexual na Câmara

    1. jose carlos silva disse:

      Garrone, Sarney é o político mais importante dessa República, não achas? Tudo que acontece no País foi o Sarney, vcs tem adoração pelo cabra.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo