Logo
  • Farra do coronavírus

    Rigo Teles aglomera jovens e distribui cerveja em atividade de campanha em Barra do Corda

    O deputado estadual e candidato a prefeito de Barra do Corda, Rigo Teles (PL), está colocando em risco a saúde da população do município e visitantes. Contribui também para que a pandemia se prolongue nos rincões maranhenses.

    Numa sacada de marketing irresponsável, o parlamentar promoveu no final de semana uma maratona de descida de boia no rio Corda. O público majoritário foi de jovens cordinos. Para animar a galera, o candidato distribuiu 1.200 latinhas de cerveja. As boias também foram dadas por Teles. Não há denúncias no MInistério Público sobre as ilegalidades cometidas por Teles.

    Em Barra do Corda, mais de 5 mil casos confirmados de pessoas infectadas pelo novo coroanavírus. A Covid-19 vitimou pelo menos 60 pessoas. O primeiro médico da cidade, José de Abreu Silva, está entre as vítimas da pandemia.

    Rigo Teles disputa a eleição com o irmão, Júnior do Nenzim, principal suspeito pela morte do pai. A estratégia de Rigo é resgatar a liderança popular do pai, Neinzim, acusado de desviar R$ 50 milhões dos cofres da prefeitura. Na ocasião, parte da família foi presa em Pedrinhas. Apenas um lustre da casa de uma das filhas do prefeito, irmã do candidato, estava avaliado em R$ 120 mil.

    Na declaração de bens, o deputado apresenta uma relação de bens avaliados em R$ 7 milhões, distribuídos em mais de 2 mil cabeças de gados, muitos imóveis e até um avião sêneca avaliado pelo preço de um Hilux usada. Esse valor não corresponde nem a uma das fazendas do deputado Midas.

    1 comentários para “Rigo Teles aglomera jovens e distribui cerveja em atividade de campanha em Barra do Corda

    1. Patrícia Mororó. disse:

      Esse besta aí, que fez esse comentário ridículo, tá é com inveja. Quer vê o povo da Barra, ficar em risco, é se votar no Gil do Alho, que vai ser cem vezes pior que o Erik Pinóquio.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo