Logo
  • Boca de urna: Pesquisa para deputado em Codó só apresenta meia dúzia de candidatos

    Pesquisa da MR Borges Serviços/MBO Publicidade Marketing e Pesquisa registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão sob o número MA-08882/2018 para apurar as intenções de voto do eleitorado de Codó (70.422 eleitores) para deputado federal e estadual tem cheiro de armação e de analfabetismo, de acordo com os termos da sondagem, disponível no site do TRE/MA.

    Com sete perguntas, onde “você” perde o circunflexo e ganha uma cedilha, o questionário da MR Borges/MBO Publicidade só inclui 5 candidatos (Chiquinho do SAAE, Dr. Zé Francisco, Edilasio, Márcio Jery (sic) e Kleber Verde) dos 213 que disputam a Câmara Federal, e 6 (Andre Araújo, Arnaldo Melo, Biné Figueredo, Cezar (sic) Pires, Zaid Zaidam e Zito Rolim), dos 535 que vão bater urna para a Assembleia Legislativa. (Veja o questionário abaixo)

    Por mais que a escolha desses nomes obedeça um critério de visibilidade de campanha no município, o artigo 3º das Disposições Gerais da resolução 23.549 do Tribunal Superior Eleitoral, que dispõe sobre pesquisas eleitorais, exige que os nomes de todos os candidatos constem da lista apresentada aos entrevistados durante o levantamento de intenção de voto.

    A ausência de outros concorrentes induz o eleitorado a optar entre a meia dúzia apresentada pela pesquisa, como se somente esses disputassem as eleições.

    Para completar, antes das perguntas em quem voçe (sic) votaria, há uma outra, indagando não se você tem, mas se você (sic) já teria candidato; sem que se queira saber qual, mas tão somente se “sim”, “não” ou “NS/NR” (não sabe ou não respondeu).

    Mas é nas duas perguntas a respeito do governador Flávio Dino que o enxofre se revela.

    Enquanto na primeira, o codoense vai avaliar o governo com um “sim” ou um “não”, o que por hipótese seria “péssimo” e “ótimo”, sem as mediações “regular”, e “bom”, na segunda igualmente maniqueísta, ele terá que responder, vejam só, se confia ou não no governador!

    A “pesquisa” ouviu 483 pessoas entre os dias 16 e 18 de setembro e tem margem de erro de 5% para mais ou para menos. A divulgação é prevista para o próximo dia 26.

     

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo