Logo
  • Levantamento

    Segunda onda de crescimento de Rubens: Pesquisa Guará aponta tendência novamente?

    A TV Guará, em parceria com o instituto Interpreta, divulgou pesquisa de intenção de voto para prefeito de São Luís nesta segunda-feira (26). A ordem posicional dos pleiteantes à cadeira do Palácio La Ravardière não foi muito diferente do que os outros institutos apontam, mas há um fato que chamou atenção: a notável ascensão de Rubens Jr (PCdoB).

    O levantamento mostra Rubens Jr com 13,6% dos votos no cenário estimulado, colado a Neto Evangelista (DEM) que tem 14,4%. Duarte Jr (PRB) aparece com 18,8% e Eduardo Braide (Podemos) mantém-se na liderança com 35,1%. Bira (PSB) aparece com 5,3%, Jeisael (Rede) tem 1,1%, Hertz Dias (PSTU) tem 0,7%, Yglésio Moisés (PROS) tem 0,6%, enquanto Franklin Douglas (PSOL) e Silvio Antonio (PRTB) empatam com 0,3%. Brancos e nulos somam 2,5% e não sabem/não responderam são 7,3%. A pesquisa foi realizada com 1.000 eleitores, entre os dias 19 e 21 de outubro e está registrada na Justiça Eleitoral sob o número MA-01301/2020.

    Em seu último levantamento, divulgado em 30 de setembro, e registrado na Justiça Eleitoral sob o número MA-06272/2020, a TV Guará, em parceria com o instituto Econométrica, mostrou um cenário de crescimento do candidato do partido de Flávio Dino que nenhum outro instituto demonstrava até então. Na ocasião, Rubens Jr apareceu com 6%, enquanto no levantamento do Ibope/Mirante, divulgado dias antes, em 21 setembro, após as convenções eleitorais, apareceu com apenas 2%. O percentual de 6% só foi demonstrado pelo Ibope/Mirante na semana passada, dia 23 de outubro. A pergunta que fica é: o crescimento de Rubens Jr, chegando a 13% das intenções de voto e estando tecnicamente empatado com Duarte Jr e Neto Evangelista, será uma tendência novamente?

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo