Logo
  • “O PIB do Maranhão cresceu mais que o da China”, destaca embaixador chinês 

    O embaixador da China no Brasil Li Jinzhang e comitiva formada por 40 pessoas, entre diplomatas, empresários e jornalistas chineses foram recebidos nesta quinta-feira (15) pelo governador Flávio Dino, no Palácio dos Leões.

    A visita institucional teve como objetivo a aproximação entre os dois países e o estímulo a investimentos, com intercâmbio econômico dos empresários.

    O embaixador Li Jinzhang e os empresários visitantes agradeceram a receptividade e destacaram o crescimento do PIB do estado noticiado pelo jornal Folha de São Paulo na última semana.

    “O PIB do Maranhão cresceu mais do que o da China, isso mostra que o povo é trabalhador e que o governo está fazendo um bom trabalho”, afirmou.

    Segundo o levantamento divulgado, o Produto Interno Bruto (PIB), a soma das riquezas produzidas no estado, teve crescimento de aproximadamente 10%. O crescimento chinês ficou em 6% em 2017 de acordo com o diplomata.

    O embaixador também falou do interesse do país na aproximação: “Foi a primeira vez que tantos empresários me acompanharam numa visita. O Maranhão tem grande vantagem geográfica, tem grandes potencialidades, acreditamos no desenvolvimento do estado e queremos participar dele”, declarou.

    Desenvolvimento

    Comitiva chinesa foi recepcionada no Palácio dos Leões nesta quinta-feira (15). (Foto: Gilson Teixeira)

    O governador Flávio Dino agradeceu o interesse e destacou a geração de oportunidades para os maranhenses com as tratativas.

    “Nós estamos prosseguindo o diálogo que iniciamos com o governo Chinês, com empresários chineses visando a ampliação de investimentos para o Maranhão”, afirmou.

    Ele também comentou algumas das oportunidades já confirmadas: “Estamos assistindo a confirmação do investimento no complexo portuário de São Luís, teremos na próxima semana a missão atinente à siderurgia, e, dando passo a passo, com muita seriedade, temos esse ciclo de investimentos no nosso estado que é muito importante para a geração de oportunidades de negócio para empresas maranhenses e oportunidades de emprego de milhares de pessoas”, completou.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo