Logo
  • CAI A MÁSCARA

    Matéria da Globo sobre abandono da saúde na gestão Braide expõe o outro lado da capital da vacina

    O risco da gestão Eduardo Braide continuar administrando São Luís como um faz de conta é provocar uma tragédia, quando a brincadeira envolve a saúde pública.

    Na mesma tarde que o Jornal Hoje veiculou matéria denunciando a situação do hospital Clementino Moura, o Socorrão II, o secretário municipal de Saúde, Joel Nunes correu aos estúdios da Rádio Mirante para relativizar o estado de abandono e sujeira exibido nas imagens da TV Globo.

    ”É preciso entender de onde nós partimos e onde nós estamos, para que a gente possa ver de maneira sincera, real e não apaixonada ou política, os avanços que aconteceram já na saúde São Luís”, disse Joel  ao programa Abrindo o Verbo.

    O secretário considera que diante da situação que o prefeito Eduardo Braide recebeu a saúde do município,  “houve uma evolução gigantesca. Desde a atenção primária, chegando aos hospitais”.

    Nunes cita números de atendimento, diminuição do tempo de consultas e cirurgias e da reforma padrão executada na ala C do Socorrão Lembra que foram reformados 32 leitos.

    ASSISTA A MATÉRIA DO JORNAL HOJE

    O secretário, no entanto, ignora que o problema exposto pela matéria da TV Globo, é o risco de contaminação, provocado por baratas, ratos e lixo hospitalar acumulado ao ar livre.

    Ao jornal Hoje, Joel Nunes disse através de nota somente que a prefeitura tem contrato com duas empresas para o recolhimento do lixo.  

    Gestão Photoshop 

     A falta de gestão da Prefeitura de São Luís gerou uma onda de críticas de deputados contra o prefeito Eduardo Braide.

    “É cruel o que as pessoas estão passando no Socorrão II, em São Luís. Insetos e ratos dentro do hospital é inacreditável. Falta de limpeza, higiene e manutenção básica é um problema de gestão e falta de sensibilidade”, disparou o deputado estadual Duarte Júnior.

    “E como se não bastasse o descaso do ‘Prefeito Photoshop’ no Socorrão I, a dura realidade do Socorrão II também foi mostrada em cadeia nacional. Em matéria exibida no Jornal Hoje, na Rede Globo, pacientes denunciam o completo descaso da unidade de saúde. Como dá pra ver, sem maquiagem e sem Photoshop, a realidade é completamente diferente do Instagram de Eduardo Braide”, criticou Yglésio.

    Ao encerrar a matéria, o âncora do JH, o jornalista César Tralli, foi categórico:  

    ‘É cruel, é desumano, o que as pessoas passam em um hospital assim. Limpeza, higiene e manutenção básica, é um problema sério de gestão; não é de reforma do hospital”.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo