Logo
  • Flávio Dino aponta que Moro e Gebran não têm poder para impedir liberdade de Lula

    Brasil 247 – Aprovado em primeiro lugar no mesmo concurso prestado por Sergio Moro, o governador maranhense Flávio Dino explica, de forma didática, como a perseguição ao ex-presidente cria uma anarquia jurídica e um vale-tudo judicial.

    Ele também explica por que tanto Moro como João Pedro Gebran estão agindo de forma ilegal ao impedir a liberdade de Lula. “No tempo em que havia alguma consistência e coerência no Direito praticado no Brasil, somente órgão colegiado do TRF 4ª Região poderia revogar ordem de Habeas Corpus deferida por desembargador. Com a ultrapolitização da Justiça, aí temos esse vale-tudo deplorável”, diz ele.

    “Nesse mesmo tempo passado, um juiz de 1º grau não impedia cumprimento de decisão de Tribunal de 2º grau. Qualquer que fosse ela, certa ou errada. Em 28 anos de atuação profissional jamais vi coisa igual. Nesse mesmo tempo passado, só havia um desembargador de plantão, previamente designado e mediante publicação antecipada. Agora vale-tudo e prevalece a lei do mais forte, mesmo que isso seja a morte do Direito. Consequências políticas desse amontoado de casuísmos: baixa credibilidade nas instituições; quebra da legitimidade do poder do Estado; esvaziamento das eleições; acirramento dos conflitos sociais. Basta ler as pesquisas de opinião para constatar.”

    3 comentários para “Flávio Dino aponta que Moro e Gebran não têm poder para impedir liberdade de Lula

    1. jose carlos silva disse:

      Moro ao não obedecer a ordem do desembargador petista usou a mesma arbitrariedade que o Flávio Dino usou para BATER A MÃO no FUNDO DE APOSENTADORIA DOS SERVIDORES. São iguais, passaram até no mesmo concurso.

    2. HELIO disse:

      como é nojento ver a DEFESA DESSE SANTO –SANTO LULA —SANTO LULADRÃO …… no Brasil NÃO pode condenar nem prender POLITICOS LADRÕES DE MILHÕES/BILHÕES——-todos devem estar eternamente livres—-soltos…… eternamente …. pois são honestíssimos, corretíssimos, tudo foi invenção da imprensa que não tem o que fazer, foi tudo mentira, pois são RATÕES/ RATAZANAS de milhões/bilhões de dinheiro público mas SÃO HONORÁVEIS BANDIDOS —-não são ladrões pé-de-chinelo , pretos, pobres …..NÃO E NÃO !!!!!!!! —-SÃO HONORÁVEIS BANDIDOS E DEVEM SER TRATADOS COMO…….HONORÁVEIS …………..

    3. RICARDO B.SANTOS disse:

      NA VERDADE , ISTO É UMA PERSEGUIÇÃO E DESCASO ÀS LEIS DE DIREITO A SEREM CUMPRIDAS.
      SOLTEM O VERDADEIRO CANDIDATO À PRESIDÊNCIA COM A MAIOR ACEITAÇÃO PELOS BRASILEIROS!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo