Logo
  • MOTIVOS OBSCUROS

    Weverton e Roberto Rocha não atendem STF e escondem valores e destinos de suas emendas secretas

    Apesar da determinação da ministra do STF Rosa Weber para que o Congresso Nacional desse  transparência às indicações do orçamento secreto, os senadores maranhenses Weverton e Roberto Rocha não enviaram documentação identificando o valores e os destinos de suas emendas. Nem mesmo negaram ter se beneficiado do ‘esquema’.

    O orçamento secreto ou emenda de relator (RP-9) é o mecanismo por meio do qual parlamentares escolhidos pelo governo Bolsonaro destinavam recursos da União sem serem identificados e muito menos fiscalizados.

    A garantia permitiu uma série de suspeitas de desvio de recursos públicos, através de compras superfaturadas de tratores e outros equipamentos. O jornal O Estado de São Paulo, também revelou que parlamentares enviaram milhões para municípios que não compõem suas unidades federativas.

    Q que escondem? O que temem Weverton e Roberto Rocha ?

    Se fizeram uso do orçamento secreto e o recurso foi devidamente aplicado, não há motivo de vergonha. A não ser, no caso do pedetista ‘amigo de Lula’, a exposição de sua face bolsonarista.

    Mas nem isso, é mais novidade; diante da sua adesão à ‘frente’ formada por partidos declaradamente bolsonaristas, como o PSC presidido do Aluísio Mendes e o PSD, por Edilázio Jr.

    Além da função pública que ora exercem, Weverton e Roberto Rocha têm o dever como pré-candidatos ao governo e ao Senado (reeleição), respectivamente, de dar satisfação à população maranhense da aplicação que fazem dos recursos públicos, independente de serem bolsonaristas ou não.

    Um levantamento feito pelo jornal O Globo nos documentos entregues pelo Senado ao STF aponta que apenas R$ 11 bilhões de um universo de R$ 36,4 bilhões saíram debaixo do tapete.

    Dos 81 senadores, 17 não enviaram informações sobre e suas emendas. Dos 594 congressistas (Senado e Câmara), 190 não prestaram contas. Dentre os 404 parlamentares que atenderam a determinação do STF, 31 remeteram informações genéricas, que não detalhava valores e obras apadrinhas por suas emendas.

    Weverton e Roberto estão cada vez mais afinados: Bolsonaro acima de todos e tudo!

    1 comentários para “Weverton e Roberto Rocha não atendem STF e escondem valores e destinos de suas emendas secretas

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo