Logo
  • Roseana suspende caravana e revela o seu descaso com os municípios atingidos pelas cheias no MA

       Segundo a Defesa Civil 1.623 famílias foram afetadas pelas enchentes no estado

    Roseana durante entrevista na rádio Mirante FM, de propriedade de sua família 

    Em entrevista à rádio Mirante FM na última sexta-feira, Roseana Sarney (MDB) deu uma demonstração do seu descaso com os problemas enfrentados pelos municípios atingidos pelas cheias no Maranhão ao justificar que suspendeu sua caravana de pré-campanha devido ao alagamento de várias cidades decorrente das enchentes dos rios com as fortes chuvas que continuam caindo no estado.

    – Estávamos marcados para o começo de abril, mas fui avisada que não era para ir, por causa dos rios, que tinham enchido muito, e que as cidades estavam todas alagadas – explicou.

    Ora, ao contrário do seu entendimento tosco, o alagamento das cidades torna mais importante a visita de qualquer político, ainda mais em se tratando de uma aliada do seu quilate na balança golpista do presidente Temer.

    Além de prestar solidariedade, ela teria oportunidade de testemunhar os estragados ocasionados pelas cheias e as dificuldades dos milhares de desabrigados, e assim tomar ciência da dimensão do problema e da necessidade de liberação urgente de recursos federais para os municípios atingidos. 

    A sua atitude em negar o seu apoio político no enfrentamento dos danos provocados pelas enxurradas é resultado da sua falta de estímulo por não ser mais governadora, e não poder conveniar diretamente as verbas do Planalto, como fizera em 2009 quando conseguiu do então ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, R$ 35 milhões em valores da época para recuperar a infraestrutura dos municípios destruída pelas águas.

    Segundo relatório da Controladoria Geral da União, 50,25% desse montante foram aplicados irregularmente em obras fictícias e pavimentação asfáltica de baixa qualidade, através de empresas amigas contratadas com dispensa indevida de licitação.

    O alagamento de uma cidade só é motivo para se cancelar uma viagem turística, um passeio, uma diversão no interior do estado, quando se quer distância do sofrimento alheio!

    De acordo com a Defesa Civil, 1.623 famílias foram afetadas pelas inundações em 19 cidades do Maranhão.

    E Roseana nem aí!

    4 comentários para “Roseana suspende caravana e revela o seu descaso com os municípios atingidos pelas cheias no MA

    1. josé geraldo disse:

      essa fulano bilionária —de onde mesmo vieram os bilhões ????? só lhe interessa o amado e estimado cofre do maranhão —somente isso —o cofre .

    2. Lobo disse:

      Se bem me lembro o Camarada FD estava em vigília, tentando visitar Lula, quando a situação era crítica na região de Marajá do Sena. Aliás, até hoje ele não provou que a sua ‘visita’ foi bancada do próprio bolso – e ele precisa fazer isso, porque não está acima do bem e do mal e somos nós quem pagamos seu salário e arcamos com o peso da máquina do Estado.

      • garrone disse:

        Mas além de determinar ações concretas para atender os municípios desabrigados, ele depois foi pessoalmente à região

        • Lobo disse:

          Você disse bem: depois. A verdade é que o Camarada FD – mais preocupado com a sorte de Lula do que com os problemas do Estado – só foi a essas regiões quando sua ausência e a inércia administrativa do Governo dele viraram matéria propícia ao ataque da Oposição (que, aliás, também não está nem aí para quem vive ou morre nas regiões atingidas pela chuva). Infelizmente esta é a pequena política do Maranhão mostrando o que tem de pior, com os piores atores disponíveis. Os cidadãos que se lixem.
          Pobre Maranhão…

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo