Logo
  • PT deplora decisão de Fachin que atinge Lula e Dilma

    Brasil 247 – Em nota assinada pelo líder da bancada na Câmara, deputado Paulo Pimenta (RS), o partido afirma “deplorar” a decisão do ministro Edson Fachin, do STF, de enviar à Justiça de Brasília denúncia da PGR por suposta ‘organização criminosa’ contra os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff e outros membros do PT. Leia a íntegra:

    NOTA DA BANCADA DO PT NA CÂMARA DOS DEPUTADOS

    A Bancada do PT na Câmara repudia mais uma vez a tentativa da Procuradoria-Geral da República de criminalizar a atividade política, em particular o Partido dos Trabalhadores. Por isso, deploramos a decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), de enviar à Justiça Federal do Distrito Federal denúncia da PGR por suposta “organização criminosa” contra os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff e outros membros do PT.

    Trata-se de mais um episódio da cruzada política e ideológica em curso no País contra dirigentes do PT, agora com outro capítulo, procurando-se criminalizar, sem provas, o partido. É grave o fato de que várias pessoas citadas na acusação sequer tiveram o direito de ser ouvidas. Consolida-se, assim, o uso do lawfare, a utilização indevida dos recursos jurídicos para fins de perseguição política, prática que foi consolidada, à margem da Constituição e das leis, pelos integrantes da força tarefa da Lava-Jato.

    Está claro que há um esforço de diferentes setores do Judiciário e do Ministério Público, juntamente com parte da mídia e de grupos que apoiaram o golpe de 2016, para tentar impedir a candidatura à Presidência da República do ex-presidente Lula, líder absoluto de todas as pesquisas sobre as intenções de voto nas eleições deste ano. A denúncia da PGR é mais um ataque ao Estado de Direito e à democracia, não passando de factoide para alimentar o noticiário da imprensa em ano eleitoral. À Justiça de Brasília só cabe a rejeição sumária da acusação.

    Brasília, 9 de março de 2018

    Paulo Pimenta (PT-RS), líder da Bancada na Câmara dos Deputados

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo