Logo
  • Projeto de Stenio Rezende nomeia de “Dr. Humberto Coutinho” o novo Hospital do Servidor


    Foi aprovado, por unanimidade, na sessão plenária da última segunda-feira (5), o Projeto de Lei 012/18, de autoria do deputado Stenio Rezende (DEM), que nomeia de “Dr. Humberto Coutinho” o novo Hospital dos Servidores do Estado do Maranhão.

    De acordo com o deputado, que já havia subido à tribuna para falar do Projeto de Lei e solicitar apreciação dos demais deputados da Casa, a intitulação é uma homenagem justa ao modo ético com que o deputado Humberto Coutinho (falecido em janeiro deste ano) sempre conduziu sua carreira médica e política no Maranhão.

    A nova unidade, construída atrás do Hospital Dr. Carlos Macieira, contará com 128 leitos de internação geral, leitos de UTI, quatro leitos de isolamento, além de quatro salas de cirurgia. Nos serviços de urgência e emergência, serão dois leitos de estabilização, seis infantis de observação e 12 adultos. A unidade atenderá o servidor, exclusivamente, e será gerenciada pelo Núcleo de Assistência dos ServiProjeto de Stenio Rezende nomeia de Dr. Humberto Coutinho o novo Hospital do Servidor dores Públicos do Estado do Maranhão (NASSP).

    1 comentários para “Projeto de Stenio Rezende nomeia de “Dr. Humberto Coutinho” o novo Hospital do Servidor

    1. Customeressay disse:

      Seu olho não enxerga nada, quando juiz é nomeado no Brasil? Montou toda opinião em cima de sua total falta de conhecimento. Todo e qualquer juiz só entra POR CONCURSO. Não é como a turma petista no STF que estão ali escolhidos e nomeados pelo crivo de confiança do PT. Dos 11 ministros 07 foram colocados pelo PT. Você como bom petista vive DE MENTIRAS para criar suas versões absurdas pela condenações dos corruptos do PT. Alkimim, Serra, Azeredo nunca nomearam ninguém para o STF ou STJ, já o PT colocou um monte de togas vermelhas. APRENDA JUIZ NÃO PODE SER NOMEADO, TODOS FAZEM CONCURSO PARA ENTRAR

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo