Logo
  • SEM ESSA

    Manifestações que atentam contra o estado democrático de direito continuam criminosas, independente de serem pacíficas ou não

    Tensionar para distensionar e conquistar é golpe velho

    É preciso deixar claro que as manifestações que atentam contra o estado democrático de direito, que fomentam o ódio e o descrédito às instituições democráticas continuam, como sempre foram, ilegais independente de serem pacíficas ou não.

    A agressividade de uma manifestação não pode ser definida apenas por seu aspecto físico, mas também na medida do verbo.

    Tampouco, dizer que os responsáveis pelos atos de vandalismo e depredação do patrimônio público foram pessoas infiltradas, livra a cara dos patriotas.

    A bonança não atenua o crime de quem atenta contra o estado democrático de direito durante a tempestade.

    Tensionar para distensionar e conquistar é golpe velho.

    Aqui se fez, aqui se paga.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo