Logo
  • Lançamento da pré-candidatura de Manuela não interfere na aliança PT-PCdoB no Maranhão

    Clodoaldo Correa – Desde o lançamento de Manuela D’Avila como pré-candidata à Presidência da República pelo PCdoB, o grupo Sarney tem ficado animado com a possibilidade de tirar o PT do palanque do governador Flávio Dino. Isto porque, na visão sarneyzista, Flávio teria que dar palanque a sua companheira de partido no Maranhão, afastando assim, o PT.

    Parece uma construção lógica. Embora, seja claro que em cada Estado existe uma característica própria e um direcionamento próprio. O PT maranhense está no governo Flávio e com uma resolução partidária aprovada de aliança com a pretensão de indicar um candidato na chapa majoritária. Não existe mais a verticalização.

    O presidente estadual do PT, Augusto Lobato, ratificou a aliança em entrevista ao jornalista Jorge Vieira. Para o dirigente petista, a decisão do PCdoB lançar Manuela não interfere na aliança local, até porque ela pode ser candidata a governadora do Rio Grande Sul. “Não sabemos quais as estratégias dos partidos”. Ele advertiu que somente outra Resolução, que poderá ser tomada em encontros futuros, pode tornar sem efeito a Resolução que foi aprovada no último congresso estadual do PT, de aliança com Flávio Dino.

    O governador não deixará de dar palanque a Lula no Maranhão em virtude da candidatura de Manuela. Dará seu apoio, mas com prioridade a Lula. Candidatura esta que ainda parece muito incerta. Parece muito mais um lançamento para colocar um nome no jogo caso Lula não possa ser candidata.

    1 comentários para “Lançamento da pré-candidatura de Manuela não interfere na aliança PT-PCdoB no Maranhão

    1. Lobo disse:

      E como poderia? Os iguais sempre estarão juntos…
      Pobre Maranhão…

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo