Logo
  • Flávio/Lula Livre: Jogo do Brasil mostra a dor de ser julgado com vergonhosa parcialidade

    O governador Flávio Dino escreveu nas redes sociais que os erros da arbitragem, neste domingo (17), contra a Seleção Brasileira na estreia da Copa do Mundo contra a Suíça mostraram à população brasileira o quanto dói um julgamento sem imparcialidade.

    Dino fazia referência à condenação sem provas do ex-presidente Lula, condenado a 12 anos e um mês de prisão, pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

    “Verdade que o Brasil não jogou tudo que esperávamos. Mas não há dúvida de que a arbitragem “padrão FIFA” foi vergonhosamente parcial. E dói muito ser julgado sem imparcialidade. A propósito, para não esquecer: Lula Livre !!!”.

    O governador do Maranhão reconheceu que a Seleção Brasileira não jogou bem na estreia da Copa da Rússia, mas criticou a vergonhosa arbitragem “Padrão FIFA”, que deixou de marcar falta no gol de empate da Suíça e um pênalti sobre o atacante brasileiro Gabriel Jesus.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo