Logo
  • Flávio Dino diz que grupo Sarney tem império midiático que vive de politicagem e baixarias

    O governador Flávio Dino reagiu a uma série de ataques baixos e rasteiros proferidos pelo império midiático do grupo Sarney. O uso de documentos falsos para incriminar o governo de qualquer forma foi repreendido pelo governador.

    “O último resquício do coronelismo que infelicitou o Maranhão é um império midiático que vive de politicagem e baixarias. Uma coisa vergonhosa. Reportagens e fotos fraudadas, mentiras, ‘cartas’ inventadas etc”, disparou Dino.

    O governador se refere basicamente a falsa carta despedida do médico Mariano. O blog apurou com fontes próximas a família do médico que a missiva escrita antes do suicídio, que foi divulgada ontem e usada hoje pelo jornal O Estado do Maranhão, não foi escrita por ele.

    Dino se refere também ao uso de uma foto de reportagem veiculada em site de notícias do Rio de Janeiro, no blog do editor do jornal de Sarney, que tenta relacionar a apreensão de centenas de motos ao governo do Maranhão, de forma torpe e vil.

    Postagem que usa a foto de uma matéria veiculada em 2017 no Rio de Janeiro

    Sem elementos concretos para incriminar o governo Flávio Dino, o império midiático da oligarquia usa de artifícios antijornalísticos e antiéticos que expõem o desespero daqueles que veem cada vez mais longe a volta ao comando dos cofres públicos do Maranhão.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo