Logo
  • O JOIO DO TRIGO

    Flávio acerta uma canhota no queixo e Ciro acusa o golpe atacando o PT e o governador maranhense. Assista.

    Flávio Dino não usou bóton, fez foi estampar um Lula Livre ao votar em Duarte no último domingo

    Flávio Dino não usou bóton de campanha de Duarte Jr. no dia da votação.

    Flávio Dino fez foi aparecer várias vezes no programa de Duarte Jr.!

    No domingo, a camisa Lula Livre era um recado.

    E um recado muito bem dado, ao que parece.

    A reação destemperada de Ciro Gomes diz tudo.

    Poucos minutos depois da entrevista do maranhense à TV UOL, nesta segunda, explicando o porquê do Lula Livre, o ex-governador do Ceará soltou as tamancas no programa do Datena.

    Flávio defendeu a união do PT, PCdoB, PDT, PSB, PSOL e Rede, caso a esquerda queira chegar ao segundo turno nas eleições de 22 e – daí o uso da camisa – e deferiu uma canhota no queixo:

    “…nenhuma esquerda séria no Brasil pode partir dessa ilusão que você vai construir um projeto vitorioso sem o PT, contra o PT sem o Lula e contra Lula”.

    Gomes, acusou o golpe e grunhiu pra cima do PT e do governador maranhense.

    “… o povo brasileiro mandou o lulopetismo radical e o bolsonarismo boçal pra fora…Foi um grande voto ao centro, centro-direita e centro-esquerda.”

    “O Flávio Dino resolveu não apoiar ninguém. Foi votar com a camiseta Lula Livre. Eles perderam um pouco a noção da realidade “.

    Mas são os pedetistas que cantam de galo em seu terreiro paralelo.

    Com a crista alta, ignoram os outros partidos, sem os quais não seria possível vencer no segundo turno, e alardeiam que as vitórias em Recife, Fortaleza, Aracajú e Maceió, consolidam a aliança PDT-PSB, “como a nova frente progressista brasileira”.

    Na terra dos lábios de mel, por exemplo, José Sarto (PDT) só venceu o Capitão Wagner (Pros) por uma diferença de 3% porque contou com uma grande aliança, reunindo do PSDB ao PT, inclusive o próprio PCdoB.

    Assista as entrevistas de Flávio e Ciro Gomes.

     

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo