Logo
  • Diante do fracasso, mídia sarneyzista diz que caravana de Roseana foi visita surpresa

    O jornal O Estado do Maranhão usou, em sua edição de hoje, usou o seu já famoso malabarismo jornalístico. Para tentar contornar o fracasso que foi a Caravana de Roseana Sarney na Baixada Maranhense, durante o final de semana, o pasquim da oligarquia resolveu classificar o ato como surpresa.

    A pré-candidata do grupo Sarney visitou Mirinzal, Central do Maranhão e Pinheiro. Em todos os municípios pouca gente acompanhou as reuniões e o desânimo era latente em quem presenciou de perto os atos. Acompanhada do irmão, o pré-candidato ao Senado Sarney Filho, Roseana atestou, mais uma vez, que sua impopularidade está estratosférica.

    Mesmo assim, o jornal O Estado do Maranhão foi obrigado a afirmar que as reuniões mobilizaram uma multidão. As próprias fotos utilizadas na matéria falam por si só. Reunida com lideranças ultrapassadas dos três municípios, Roseana pouco falou, tamanha sua decepção.

    A “mobilização surpresa”, termo utilizado pela mídia oligárquica, nada mais foi do que um eufemismo empregado para amenizar o fracasso que foi a Caravana de Roseana pela Baixada Maranhense.

    2 comentários para “Diante do fracasso, mídia sarneyzista diz que caravana de Roseana foi visita surpresa

    1. Ernesto disse:

      GRAÇAS A DEUS —o povo maranhense acordou do pesadelo SARNEY- ROSE ENGANA—- GRAÇAS A DEUS tomamos NOJO + VERGONHA desse passado tenebroso , vergonha para nós e para o Brasil todo. NOVO MARANHÃO LIBERTO DE FLÁVIO DINO —o libertador do Maranhão das garras dos abutres—-abutres desesperados para ter o eterno COFRE DO MARANHÃO em mãos novamente—desespero total . MAS GRAÇAS A DEUS O MARANHENSE ACORDOU DO PESADELO e vota FICHA LIMPA —–FLÁVIO DINO REELEITO COM 90 % DOS VOTOS—-COM DEUS E NOSSOS VOTOS EM FICHA LIMPA.

    2. Gean disse:

      Ah, ela gosta de passar vergonha.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo