Logo
  • PINTOU UM CLIMA

    Dez deputados maranhenses votam contra avanço de projeto que torna pedofilia crime hediondo

    Pintou um clima e os deputados federais Pedro Lucas (União) Juscelino Filho ( União), Josimar Maranhãozinho (PL)., Josivaldo JP (PSD-MA), João Marcelo (MDB), Hildo Rocha (MDB), Gil Cutrim (Republicano), Edilázio Jr. (PS D), Cléber Verde (Republicano), e Aluísio Mendes (PSC) votaram contra apreciação imediata de projeto de lei que inclui pedofilia como crime hediondo.

    O requerimento da bancada do PT propondo inversão de pauta foi rejeitado por 224 votos contra 135.

    A rejeição foi articulada pelo Centrão, a famosa base do presidente Jair Bolsonaro, evitar desdobramentos acerca de pessoas que, eventualmente, possam vir a ser enquadradas no crime de pedofilia.

    O caso, evidentemente, tem relação com a fala do presidente Jair Bolsonaro (PL), que afirmou em entrevista a um podcast que “pintou um clima” com meninas venezuelanas de 14 e 15 anos.

    O projeto, que tem a deputada Clarissa Garotinho como uma das autoras, tramita na Casa desde 2015, com pareceres de todas as comissões de mérito.

    (Com informações da Revista Fórum)

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo