Logo
  • Deu no D.O.

    Na semana que antecede o segundo domingo de maio, leia a coluna Deu no D.O. publicada pelo blog e descubra se há gestores públicos que são uma verdadeira mãe. Amamentam esta edição as prefeituras de São Raimundo das Mangabeiras, Coroatá, Anajatuba, Chapadinha, Satubinha e Grajaú. Não esqueça de pedir a benção…

    Boa viagem I – Em São Raimundo das Mangabeiras o negócio é pegar a estrada por conta dos R$ 667.920,00 em passagens rodoviárias adquiridas da Antonio Felix Rocha Cunha- MEI para atender as necessidades das secretarias de Educação, Saúde e Vigilância Sanitária, e Assistência Social; além da própria prefeitura.

    Boa Viagem II – Para atender as necessidades das mesmas secretarias e não deixar ninguém ao relento, a prefeitura ainda garantiu hospedagem em Teresina (PI) e no próprio município. De acordo com os três contratos assinados com as empresas V.L.S. Oliveira & Cia LTDA-ME (R$ 90.000,00); R da S Pinheiro – ME (R$ 112.500,00) e Desdedith Francisco dos Santos –ME (R$ 125.000,00), serão R$ 327.500,00 em diárias.

    Arranque – Enquanto isso em Anajatuba, a empresa Alves Batista Peças LTDA meteu a mão graxa com os R$ 2.226.861,75 referentes aos serviços de manutenção preventiva e corretiva, com fornecimento de peças e assessórios dos veículos das secretarias de Administração (inclui os órgãos vinculados e os veículos de médio porte e máquinas pesadas, R$ 960.687,50); Saúde (R$ 391.134,00); e Educação, Cultura, Desporto e Lazer (R$ 875.040,25).

    Grife – Os alunos da rede municipal de ensino do município de Chapadinha devem estar com pena de usar no dia a dia o fardamento escolar, que pela qualidade foi adquirido por R$ 1.162.500,00 da empresa M.J. de S. Vieira – ME.

    Fermento – Na mesma Chapadinha, a prefeitura encomendou R$ 280.606,20 em bolos, lanches e salgados, através de quatro contratos celebrados com a M.A. de S. Barreto – ME para fazer a festa nas secretarias de Planejamento (R$ 93.535,00); Saúde (R$ 46.767,80); Educação (R$ 46.767,80; e Assistência Social (R$ 46.767,80).

    É de morte – Com tanta farda e bolo, a prefeitura de Chapadinha resolveu garantir, através de dois contratos somados em R$ 355.662,00, o paletó de madeira com direito a kit mortuário e translado para os sete palmos de terra para quem bater as botas. A José Ivan Aragão Oliveira –ME foi abençoada com R$ 180.962,00 e a Uni-PAX Serviços Póstumos LTDA – ME com R$ 174.700,00.

    Cascalho – Mas o caminho de acesso será para este mundo em Satubinha, que contratou a Construtora Barroso Leal LTDA para recuperar as estradas vicinais localizadas na zona rural do município por R$ 1.269.760,74.

    Tabuada – Já em Grajaú o que saiu pela hora da morte foi a contratação por R$ 600.000,00 da Alencarreto Assessoria Contábil LTDA – ME apara assessora a contabilidade do município durante o ano de 2018.

    Na veia – Em Coroatá o que não vai faltar é medicamentos e material de consumo hospitalar, depois que a prefeitura aplicou R$ 3.554.827,83 na saúde financeira da Dimensão Distribuidora de Medicamentos Eireli. Foram três contratos; o primeiro de R$ 1.252.719,00 para aquisição de medicamentos destinados à Rede de Saúde; o segundo de R$ 1.389.683,00 foi em medicamentos para a Farmácia  Básica; e o terceiro de R$ 912.425,83 foi para a aquisição de material de 

    4 comentários para “Deu no D.O.

    1. jose carlos silva disse:

      Garrone, fiscalize e publique os contratos firmados pelo governo do Flávio, estou observando uma certa parcialidade, espero estar enganado.

      • garrone disse:

        Não há certa parcialidade. Mas pluralidade, já que os contratos do governo Flávio são amplamente “fiscalizados”por todo um sistema de comunicação e vários outros blogs.

    2. jose carlos silva disse:

      Está certo Garrone, agora entendi. Vc quer dizer que os blogueiros e jornalistas da cidade em vez de prestar a informação correta resolveram simplesmente tomar ¨partido político ¨de acordo com seus interesses pessoais? Estou com vergonha dessa imprensa.

      • garrone disse:

        Não é tomar partido político, de acordo com seus interesses pessoais. Mas permitir uma outra leitura dos fatos, que não seja apenas a das grandes redes de comunicação, como o Sistema Mirante. E se deixo claro o meu posicionamento político, estou sendo honesto com o leitor. Ao contrário de quem o disfarça em nome de uma tal “imparcialidade”, que muito serviu para o domínio dos grandes grupos de comunicação, antes do advento da internet. Digo-lhe também que tomar partido não significa mentir sobre os assuntos e a realidade aqui interpretada. Cabe ao leitor concordar ou não; mas não dizer que eu esteja mentindo ou tentando lhe enganar!!!!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo