Logo
  • Deu no D.O.

    Grande Expediente – Os vereadores de Caxias trabalham com o que há de melhor no mundo digital depois que a Câmara Municipal acessou J. Franklin Reis Santos – ME para fazer a manutenção corretiva de computadores e fornecer equipamentos/materiais de informática por R$ 172.866,00.

    Madeira de lei – Mas o que deve ter deixado Dom. Sebastião de cabelo em pé foi o mobiliário adquirido pela prefeitura de Apicum-Açu por R$ 1.289.239,79 da J.A. dos Santos.

    Rebocão– Com prazo de seis meses, a contar do mês de junho, a Dmais Construções e Empreendimentos Ltda faturou R$ 3.054.000,00 da prefeitura de Balsas para fazer a manutenção e reparo dos prédios públicos do município.

    Barro duro -Em Viana as estradas vicinais na zona rural estão sendo recuperadas pela Rotha Engenharia LTDA-ME, pelo cascalho de R$ 1.314.061,97. Os serviços iniciaram no dia 7 de junho e devem ser concluídos até o próximo 7 de dezembro.

    Ouro negro – Também entre junho e dezembro, a prefeitura de Buriticupu vai consumir R$ 2.651.770,30 em combustível e lubrificantes adquiridos da empresa J.R.A. Machado & Cia LTDA–EPP. Com tanto gás, ninguém vai ficar parado marcando touca pelas ruas do município.

    Argamassa – Enquanto isso, a prefeitura de Sítio Novo assinou dois contratos somados em R$ 1.080.728,15 com a Construset LTDA – ME. Um de R$ 477.296,00 pela urbanização da Av. Principal do Açude, e outro de R$ 603.432,15 pela construção de um centro de convivência no município.

    Deus me livre I – Na terra do gesso, quem está com a morte certa não tem que se preocupar com o paletó de madeira, depois que a prefeitura de Grajaú contratou por R$ 470.000,00 a empresa M.C.B.F. Soares – ME para prestar serviços funerários.

    Deus me livre II – Na esperança de ter a metade dos defuntos, a prefeitura de Monção enterrou R$ 320.000,00 no caixa da M.M. de Sousa Jansen-ME para fornecer urnas funerárias e “seus correlatos”.

    Chamex – Papel é o que não vai faltar em Paço do Lumiar após as adesões a atas de preços que permitiu que a prefeitura assinasse quatro contratos no total de R$ 1.595.000,00 com a Sete Cores Indústria e Comércio LTDA. para suprir com material gráfico as secretarias de Educação, Saúde, Assistência social, e Administração.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo