Logo
  • Deu no D.O.

    SOS I – Em Alto Alegre do Pindaré o atendimento de urgência e outras prestações de socorro são conduzidas por uma ambulância, que pelo preço, deve ser completamente equipada. Por R$ 376.000,00 o veículo foi adquirido da empresa Nono Car Empreendimentos Ltda ME.

    SOS II – Ainda em se tratando de saúde pública, a prefeitura de Alto Alegre contratou a Ecolimp Saneamento e Serviços LTDA –EPP para fazer a limpeza urbana e coleta de lixo por R$ 3.779.602,90.

    Lubrificado – Em Lago Verde o que não vai faltar é pneus, peças, derivados e manutenção dos veículos da frota oficial. E tudo ficará por conta da M. Lima Santos- ME que faturou R$ 1.481.071,00 em oito contratos. Quatro, no total de R$ 1.373.071,00, são de fornecimento e outros quatros somados em R$ 108.000,00 são pelos serviços de manutenção preventiva e corretiva em veículos leves, pesados e máquinas.

    Frota – Já em Santa Luzia, o que não vai faltar é veículo. A prefeitura assinou cinco contratos com a M.C.V. Empreendimentos Ltda – ME para locar R$ 4.525.532,00 em veículos. Desses, R$ 1.990.000,00 serão de máquinas pesadas.

    Vá com Deus – Mas se o destino é dessa para outra vida, a prefeitura de Santa Luzia também resolveu garantir o caixão e contratou R$ 254.000,00 em urnas funerárias com direito a translado da empresa J.I. Marques –ME.

    Combustão – Enquanto isso, Humberto de Campos abriu um verdadeiro poço de petróleo ao adquirir R$ 5.580.212,00 em combustível e lubrificante distribuídos em cinco contratos com o Posto Morros Ltda – ME.

    Mestre de obras – Em Buriticupu, o negócio é meter a mão da massa. A prefeitura assinou dois contratos com a M de Fátima Pontes Silva – Comércio – EPP para fazer a manutenção predial nas instalações das secretarias municipais de Saúde e de Educação, por R$ 8.053.322,06. Na primeira, a pá de cal sairá por R$ 4.119.919,33 e na segunda por R$ 3.933.402,73.

    Dever de casa – Em Barra do Corda, o assunto são os livros didáticos adquiridos por R$ 3.024.000,00 da Florescer Distribuidora de Livros Educacionais Ltda para atender as necessidades da secretaria municipal de Educação.

    Caiu na rede – Já em Sambaiba, a ordem é entrar na era digital. A prefeitura contratou Ivanilde do Nascimento Barros – ME para fornecer periféricos e fazer a manutenção dos equipamentos de informática por R$ 703.057,036.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo