Logo
  • Delegado do Piauí diz que ninguém teve acesso à carta despedida de Mariano

    Médico Mariano de Castro e Silva

    O delegado da Polícia Civil do Piauí, Francisco Baretta, que cuida do caso do suicídio do médico Mariano de Castro e Silva, afirmou, em entrevista à TV Mirante, hoje, que ninguém teve acesso à carta despedida encontrada no apartamento do ex-funcionário da Secretaria de Saúde.

    Como o blog já havia antecipado ontem, com informações de fontes próximas à família de Mariano de Castro e Silva, a carta que circula em blogs e foi publicada pelo jornal O Estado do Maranhão é falsa. A letra do documento encontrado no apartamento é completamente diferente das supostas anotações feitas pelo médico em Pedrinhas.

    O Instituto Médico Legal (IML) do Piauí fará comparações da carta despedida encontrada no apartamento em que Mariano se suicidou. A Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa de Teresina já pediu documentos que constem assinaturas com reconhecimento de firma do médico com o objetivo de fazer comparações e atestar a autenticidade das cinco páginas.

    O delegado Francisco Baretta disse que até agora ninguém teve acesso à carta que permanece no laboratório do ICRIM do Piauí. “Foi apreendida pela autoridade policial de plantão, como um celular dele e um computador. E aqui chegando nós encaminhamos para o delegado Igor e só quem pode fazer esse deslacre é o perito”, afirmou Baretta.

    Agora é aguardar a perícia da Polícia Civil do Piauí.

    Veja a entrevista do delegado à TV Mirante 

    1 comentários para “Delegado do Piauí diz que ninguém teve acesso à carta despedida de Mariano

    1. Maria de Castro disse:

      E a irmã que achou o corpo e leu?

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo