Logo
  • Copa sem crise: Dino anuncia pagamento de metade do 13º para 14 de junho


    Diferentemente do que ocorre em outros estados brasileiros, que ainda não honraram com o pagamento completo do 13º salário do ano de 2017, o governador Flávio Dino anunciou que, no Maranhão, metade do 13º referente ao ano de 2018 será pago na próximo quinta-feira (14), dia de abertura da Copa do Mundo.

    “Pagaremos a metade do 13º salário dos servidores do Governo do Maranhão, relativo a 2018, no próximo dia 14 de junho”, anunciou por meio de suas redes sociais o governador.
    A medida demonstra o equilíbrio fiscal e o compromisso de Flávio Dino com o pagamento dos servidores estaduais, importantes vetores da economia local.

    Apesar da crise econômica nacional, que afeta, principalmente, os estados brasileiros com diminuição de repasses federais, o Maranhão mantém a folha de pagamento dos seus funcionários em dia.

    Quem ganha com isso são os servidores, que acompanharão o início da Copa do Mundo e as festividades de São João de bolso cheio.

    3 comentários para “Copa sem crise: Dino anuncia pagamento de metade do 13º para 14 de junho

    1. RICARDO B.SANTOS disse:

      Uma eficiência exclusiva em termos de BRASIL!

    2. José Araújo disse:

      A oligarquia vai ao desespero, vão morrer de ódio..

    3. joelson disse:

      O governador FLÁVIO DINO –o melhor governador da história do Maranhão e o melhor do Brasil atualmente— Finalmente o Maranhão dos escândalos escandalosos da ROSE ENGANA ( 4 gestões ) ficou no passado com a força de nossos votos no LIBERTADOR DO MARANHÃO DAS GARRAS TENEBROSAS DA OLIGARQUIA SARNA ——–AVANTE FLÁVIO DINO—-AVANTE MARANHÃO—-AVANTE MARANHENSES DO BEM// DECENTES——VITÓRIA FLÁVIO DINO –90% DOS VOTOS- adeus oligarquia —adeus laranjas da oligarquia—-adeus ratões–adeus ratazanas de milhões/bilhões— adeus.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo