Logo
  • Convenção: Com bens bloqueados em até R$ 47 milhões, Murad lança candidatura a secretário de Saúde

       Acusado de provocar danos de mais de R$ 500 milhões ao erário em apenas quatro             contratos celebrados durante o governo Roseana Sarney, Ricardo Murad  lança candidatura a secretário de Saúde em convite (veja vídeo) para convenção do PRP, onde                       será homologada sua candidatura a deputado federal  

    Réu em quatro processos por improbidade administrativa na Justiça Federal, e com bens bloqueados em até R$ 47 milhões por danos ao erário provocados por supostas falcatruas em apenas quatro contratos celebrados pela Secretaria de Estado da Saúde durante o governo Roseana Sarney, o ex-secretário Ricardo Murad anunciou que pretende retomar o posto, caso sua cunhada saia vitoriosa das urnas de outubro próximo.

    Em vídeo divulgado nas redes sociais, seguido de texto com suas “obras”, Murad convida seus “amigos queridos” e suas “amigas queridas” a participar da convenção do PRP, pedindo-lhes o apoio não à sua candidatura a deputado federal, que será homologada neste domingo, mas ao cargo de secretário, e assim voltar a “fazer um grande trabalho pela Saúde do estado”.

    – Preciso do apoio de todos vocês. Nós vamos fazer com a determinação de sempre, se nos derem a confiança, um grande a maravilhoso trabalho de muito mais UPAs e hospitais para todo o povo maranhense – disse.

    Se culpado ou não pelas maquinações denunciadas pela Procuradoria Geral do Estado e aceitas pelo juiz José Carlos do Vale Madeira, diante dos “indícios de irregularidades”, ele é culpado de tentativa de engodo – embora se possa atenuar por se tratar de alucinações de quem se aproxima do fim ou por sofrer de pseudolalia * – ao divulgar uma lista exageradamente mentirosa do seu “maravilhoso” trabalho, como os 27 milhões de atendimentos nas 11 UPAS construídas, o Hospital de Alta Complexidade Dr. Carlos Macieira, e por aí vai.

    A soma dos supostos danos apontados nas quatro ações de improbidade, que ainda envolvem servidores públicos e empresários, é de R$ 554 milhões com a devida multa civil. Em todas, Murad e sua turma são acusados de burlar procedimentos licitatórios para beneficiar empresas previamente escolhidas, sobrepreços, pagamentos irregulares, dentre outros malefícios nas obras de reforma e adaptação do PAM-Diamante, Carlos Macieira e na execução dos projetos dos hospitais do Saúde É Vida.

    * Pseudolalia é o nome técnico para o transtorno psicológico de quem mente e acredita na própria mentira, e dentre as características estão o dom da oratória, a manipulação, a falta de remorso e a capacidade de se achar a pessoa mais importante do mundo.

      Veja a lista de “obras” divulgadas por Ricardo Murad e decida se o caso é de internação

    55 Hospitais de 20 leitos construídos, equipados e funcionando com custeio mensal de 100.000,00 da SES para as prefeituras

    15 Hospitais de 20 leitos em fase de conclusão

    6 Hospitais Regionais de Urgência e Emergência construídos, equipados e funcionando

    3 Hospitais Regionais de Urgência e Emergência em conclusão

    7 Hospitais Macrorregionais, 2 equipados e funcionando e 5 em conclusão

    11 UPAS construídas, equipadas e funcionando – 27 milhões de atendimentos no seu governo

    1 Hospital de Alta Complexidade Dr. Carlos Macieira.

    1 Hospital do Câncer Dr. Tarquinio Lopes Filho

    2 Centros de Especialidades Médicas e Diagnóstico

    2 Centros Especializados em Reabilitação

    1 Central de Medicamentos Especiais de Alto Custo – FEME – 850 mil atendimentos realizados

    1 Tomógrafo Móvel

    1 Mamógrafo Móvel

    Resgate Aeromédico

    Central Estadual de Ambulâncias

    Hospital Móvel de Campanha

    1 Maternidade (nova unidade) da Benedito Leite

    236 novos leitos de UTI (nunca feito no Brasil num governo) – só tínhamos 98 praticamente desativados. Recuperamos todos.

                                                       Assista o vídeo 

    1 comentários para “Convenção: Com bens bloqueados em até R$ 47 milhões, Murad lança candidatura a secretário de Saúde

    1. José Araújo disse:

      Se estivéssemos em m um país sério esse moço estaria preso e aguardando pena de morte pelos crimes de genocídio contra a população maranhense.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo