Logo
  • Assembleia Legislativa

    “Braide é uma vergonha”, diz MBL

    O Movimento Brasil Livre (MBL) caiu no conto do deputado estadual Eduardo Braide. Conhecido por ser um político cheio de artimanhas, o parlamentar seduziu o MBL com seu discurso contra o pacote anticrise do governo do Estado, mobilizou alguns militantes e acabou se abstendo da votação do projeto.

    A atitude de Braide gerou revolta por parte do MBL, que classificou o deputado como uma vergonha. Durante toda esta quinta-feira, nas redes sociais, ele está sendo massacrado por internautas que acreditaram em suas palavras contra o projeto, mas que perceberam a realidade da situação depois da sua abstenção durante a votação na Assembleia Legislativa.

    A verdade é que Eduardo Braide não teve coragem de votar no pacote anticrise do governo do Estado – apesar de ter sido o maior crítico do projeto nas redes sociais – por ser ciente de que ele continha muito mais benefícios para a sociedade maranhenses do que medidas amargas que prejudicarão a população.

    A hipocrisia de Braide foi alvo da crítica de governistas e oposicionistas. A covardia do deputado só denota o individualismo das suas ações e convicções. Se não votou contra, por que ele criticou tanto o projeto?

    Essa é a pergunta que todos se fazem. Inclusive o MBL e todos aqueles que acreditaram em cada palavra proferida por Eduardo Braide.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo