Logo
  • Eleições: Só 5 Estados têm líderes para vencer no 1º turno; Flávio Dino é um deles

    Renan Filho (MDB-AL), Rui Costa (PT-BA), Flávio Dino (PC do B-MA), Wellington Dias (PT-PI) e Ronaldo Caiado (DEM-GO): líderes isolados nas disputas para governador

    Poder360 – A menos de 3 meses das eleições de 7 de outubro, pesquisas disponíveis em 21 unidades da Federação indicam que disputas em apenas 5 Estados podem ser definidas já no 1º turno: Alagoas, Bahia, Goiás, Maranhão e Piauí. Em todos os demais há ainda grande indefinição.
    Esse número pequeno de líderes claros nas eleições para governador nos Estados é pouco usual a esta altura da campanha. Em outras eleições, nesta época, havia mais certeza sobre quem poderia ser o vencedor.

    Em muitas unidades da Federação nas quais há pesquisas recentes disponíveis é grande a soma de quem vota em branco, nulo, está indeciso ou não quer responder. A taxa de “não voto” passa de 30% em 14 disputas.

    Também chama a atenção o fato de que 11 governadores que tentam se reeleger não estejam em 1º lugar nas pesquisas. Márcio França (PSB), em São Paulo, e Robinson Faria (PSD), no Rio Grande do Norte, nem sequer aparecem na tabela abaixo, pois estão com baixa intenção de voto –o levantamento do Poder360 só considerou quem é “competitivo” (os que estão em 1º lugar ou em 2º lugar empatados).

    O Poder360 analisou mais de 300 pesquisas de intenção de voto a respeito das disputas de 2018. A seguir, 1 infográfico com os levantamentos mais recentes e registrados na Justiça Eleitoral com dados sobre a eleição para governador nos Estados e no Distrito Federal:

    1 comentários para “Eleições: Só 5 Estados têm líderes para vencer no 1º turno; Flávio Dino é um deles

    1. jose carlos silva disse:

      80 por cento dos possíveis ganhadores são do nordeste! Ou região que gosta de sofrer.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo