Logo
  • Política

    Governo do Estado paga salário de servidores sexta (28) e sábado (29)

    A Secretária de Planejamento e Orçamento do Governo do Maranhão, Cynthia Mota, anunciou nas redes sociais as datas de pagamento dos salários do mês de agosto dos servidores públicos estaduais.

    O pagamento será em dois dias seguidos, começando pelos aposentados e pensionistas, que receberão na sexta-feira (28).

    Já os servidores da administração direta e indireta terão o dinheiro creditado em suas contas no sábado (29).

    Bolsonaro infla salários de militares em até 73% ao custo de R$ 26 bi em 5 anos, diz jornal

    O chamado “adicional de habilitação”, penduricalho concedido por Jair Bolsonaro que vai inflar em até 73% dos salários dos militares das Forças Armadas, vai custar R$ 26 bi nos próximos cinco anos aos cofres públicos, colocando um ponto final no discurso de austeridade do governo e de Paulo Guedes.

    Segundo reportagem do jornal O Estado de S.Paulo desta quarta-feira (1º), somente neste ano, em plena crise aprofundada pela pandemia do coronavírus, o penduricalho que começa a ser pago aos militares neste mês de julho custará R$ 1,3 bilhão, citando nota técnica do Ministério da Economia e dados do Ministério da Defesa, obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI).

    De acordo com o jornal, o reajuste, que foi aprovado com a Reforma da Previdência dos militares no fim do ano passado, vai crescer ano a ano e em 2024 custará R$ 8,14 milhões.

    Os maiores salários brutos entre os 381 mil militares em geral são do general Luiz Eduardo Ramos, ministro da Secretaria de Governo, e do almirante Bento Albuquerque, ministro de Minas e Energia. Em março, último pagamento publicado pelo governo, eles receberam, respectivamente, R$ 51.026,06 e R$ 50.756,51, conforme o Portal da Transparência.

    Os valores estão bem acima do teto constitucional, pelo qual ninguém pode ganhar mais do que um ministro do Supremo, que recebe R$ 39,2 mil.

    Da Revista Fórum

    Flávio Dino sanciona nesta segunda lei que estabelece salário de R$ 6.358,96 para professores no MA

    O Governador Flávio Dino

    O governador Flávio Dino vai sancionar nesta segunda-feira a lei que institui os novos pisos do magistério no Maranhão.

    Ele ressaltou em sua conta no twitter que “um professor de 20 h no Maranhão terá piso maior do que o piso nacional de 40h”.

    Com a nova lei salarial, os salários dos professores em início de carreira com jornada de 20h semanais será de R$ 3.179,48, enquanto os de 40h alcançará R$ 6.358,96.

    Dino concede reajuste a professores e MA continua pagando maior salário do Brasil: R$ 6,3 mil

    O governador do Maranhão, Flávio Dino

    O governador Flávio Dino anunciou, por meio das suas redes sociais, aumento salarial para professores da rede pública estadual de até 17,5 %. Com isso, o Maranhão continua pagando o maior salário do país.

    “Novo piso de remuneração para professores 40h no Maranhão deve passar para R$ 6.358,96. Proposta será enviada hoje para Assembleia Legislativa. Lembro que valor nacional é R$ 2.886,24”, afirmou.

    “Tomei a decisão de repassar 100% dos valores do FUNDEB para a folha de salários, e complementar com recursos próprios do Estado. A essência da aprendizagem reside nos professores. Dessa decisão resulta reajuste de até 17,5% nas menores remunerações (piso)”, completou Dino.

    Flávio Dino anuncia antecipação do salário de dezembro

    O governador do Maranhão, Flávio Dino

    O governador do Maranhão, Flávio Dino, anunciou, nesta segunda-feira (23), a antecipação do salário dos servidores do Estado referente ao mês de dezembro. A declaração foi realizada em mensagem no Twitter.

    “Os vencimentos dos servidores do Governo do Maranhão, relativos a dezembro de 2019, serão pagos nesta sexta-feira, dia 27 […]”, pontuou.

    Em crise, Estados atrasam salários e tentam achar recursos para pagar 13º

    Diferente do que ocorre no Maranhão, onde os salários são pagos de forma antecipada e o 13° é um dos primeiros a ser honrado entre todos os entes da Federação, a crise financeira que já se arrasta há anos faz com que alguns Estados tenham dificuldades para pagar seus funcionários atualmente.

    Com dificuldade de arrecadação, Mato Grosso, Minas Gerais, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Sergipe já vêm escalonando o pagamento dos salários – normalmente, em até três vezes. Nos primeiros dias do mês, recebem apenas os trabalhadores com remunerações mais baixas. Na metade do mês, os que têm salários intermediários e, só depois, os que recebem mais.

    E, com a chegada do fim do ano, eles agora ainda terão de recorrer a operações extraordinárias na tentativa de quitar o 13° salário dentro do prazo legal, até 20 de dezembro.

    Uma das prioridades do governo Flávio Dino tem sido manter as contas em dia e o pagamento do salário do servidor público, desde que ele assumiu em 2015, sempre foi feito de forma antecipada, na grande maioria das vezes sendo feito, inclusive, dentro do mês trabalhado.

    Edivaldo paga servidores nesta quinta-feira (1°) antecipando calendário

    O secretário municipal da Fazenda, Delcio Rodrigues

    O prefeito Edivaldo Holanda Junior mais uma vez antecipa o pagamento dos servidores municipais. A folha do mês de julho será paga nesta quinta-feira (1°) de agosto. A boa notícia foi anunciada pelo prefeito que há menos de 15 dias pagou, também de forma antecipada, a primeira parcela do 13º salário dos servidores, injetando milhões na economia local no mês de férias. O pagamento da folha de julho estava previsto para o dia 5 de agosto.

     “Com planejamento e compromisso é possível garantir o pagamento em dia e até antecipar a folha. Essa é uma das prioridades da nossa gestão e faz parte da política de valorização dos profissionais que nos ajudam a promover o desenvolvimento da nossa cidade e ofertar um serviço de qualidade à população”, disse o prefeito Edivaldo Holanda Junior.

    Para o secretário municipal da Fazenda, Delcio Rodrigues, o dinheiro pago para os servidores aquece a economia em toda a cidade no período pós-férias escolares. “São Luís é uma das poucas capitais brasileiras que, mesmo com as dificuldades financeiras de todo o país, efetua o pagamento dos servidores municipais em dia, o que movimenta toda uma rede de lojas, comércios, supermercados, bancos entre outros”, disse.

    Os servidores municipais têm acesso às informações dos seus vencimentos em todos os terminais de autoatendimento do Banco do Brasil, por meio do contracheque eletrônico. A informação dos vencimentos também pode ser acessada através do site da Prefeitura de São Luís (www.saoluis.ma.gov.br), no Portal do Servidor, no menu do lado esquerdo, informando o número da matrícula e a senha.

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo