Logo
  • Notícias

    Conab prevê acréscimo de 15,1% na produção estimada de 180,5 mil toneladas de arroz no MA

    De acordo com o 8° Levantamento da Safra de Grãos 2021/2022, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), foi observado aumento na semeadura e produção das culturas de arroz e soja no estado do Maranhão. 

    Durante o período de avaliação das lavouras, ao longo do mês de abril, houve atualização de informações sobre a área plantada do arroz sequeiro, favorecido especificamente no município de São Mateus do Maranhão, o que resultou em incremento da área plantada total de arroz no Estado, que alcançou 98,3 mil ha, 6,2% acima da área plantada na safra anterior.

    A produção estimada de 180,5 mil toneladas obteve acréscimo de 15,1%. Esse resultado relaciona-se às variáveis: aumento da área plantada e aumento da produtividade do cultivo em função do uso de variedades de arroz com maior potencial produtivo.

    De acordo com o estudo da Companhia, em algumas regiões foi possível observar a difusão e retomada do plantio desse grão, o que vem ocorrendo de maneira gradativa. Essa situação origina-se do interesse dos produtores rurais em decorrência das constantes elevações de preços alcançados pelo comércio do arroz e também das boas condições climáticas observadas nas últimas safras.

    No Estado, a colheita de arroz sequeiro, até o mês de abril de 2022, atinge cerca de 56% da área total plantada, na área de maior produção do grão, nas regiões do Médio Mearim, no centro, na Baixada Maranhense, no norte, bem como, em municípios do sul, oeste e leste do Maranhão.

    Soja – No levantamento da Conab também foi constatado que as lavouras de soja obtiveram um aumento significativo de 11,1% em relação à safra passada, atingindo 1.117,3 mil ha. Observa-se expansão de área, especialmente nas microrregiões de Imperatriz e Pindaré, no oeste maranhense, bem como nas regiões centro, sul e leste do Estado, correspondendo à ampliação gradual de cultivo por abertura de novas áreas, seja por substituição de pastagens ou por abertura de novas áreas de plantio. 

    No mês de abril de 2022, a colheita da soja alcançou 76% de área total do Estado. A colheita avança em municípios do oeste, centro e leste maranhense, com finalização no mês de junho de 2022.

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo