Logo
  • Notícias

    Cidadania sai em defesa do PT e repudia ataques movidos por fanatismo religioso de lideranças evangélicas

    Presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, o pastor José Wellington Bezerra da Costa Júnior associou o PT ao “inferno”, durante evento da organização Foto: Reprodução

    RIO – O GLOBO — O presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire, divulgou nota nesta sexta-feira em solidariedade ao PT e em repúdio ao “fundamentalismo religioso”. A manifestação veio depois de o presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), o pastor José Wellington Bezerra da Costa Júnior, afirmar que o ex-presidente Lula (PT) e candidatos petistas não devem ser recebidos nas igrejas ligadas à organização. A declaração foi compartilhada, em vídeo, pelo deputado Sóstenes Cavalcante (PL), líder da Frente Parlamentar Evangélica na Câmara. No registro, o partido de Lula é associado ao “inferno”.

    Na manifestação, assinada por Freire, o Cidadania “alerta para a cada vez mais beligerante posição de alguns pastores que, longe de representar o que pensa o diverso grupo de evangélicos brasileiros, vêm perpetrando ataques reiterados ao Estado Laico, à democracia e, em especial, ao Partido dos Trabalhadores, com o qual são conhecidas as nossas divergências”.

    A nota classifica também como “fundamentalista e totalitária” a postura “de alguns líderes que estão mais devotados à causa própria que à fé que dizem professar”, além de citar o escândalo de corrupção no MEC, em que dois pastores são acusados de fazer lobby para destravar recursos do ministério, em troca de propina. Ainda segundo o documento, a postura dessas lideranças religiosas atenta “contra a laicidade, a democracia e a Constituição, que lhes garante a liberdade de culto, ao lançar sobre o partido o anátema do inimigo”.

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo