Logo
  • Notícias

    “No Maranhão, ele é, foi e sempre será patrono da educação”, diz Dino sobre Paulo Freire

    O governador Flávio Dino entregou nesta quinta-feira (13) a condecoração máxima do Maranhão à viúva do professor doutor Paulo Freire, Ana Maria Freire, em cerimônia no Palácio Henrique de La Roque, em São Luís. O evento marcou a concessão da medalha do Mérito Timbira (in memoriam), grau Grã-Cruz, ao educador.

    Durante o seu discurso, o governador Flávio Dino antagonizou completamente o sentimento do povo do Maranhão pelo educador com o que pensa a família Bolsonaro. O presidente já falou por diversas vezes que vai tirar de Paulo Freire o título de patrono da educação brasileira.

    Em respeito máximo ao educador brasileiro mais reconhecido e condecorado do mundo, Dino afirmou exatamente o contrário. “Podem aviltar e até retirarem os títulos, como alguns propuseram de patrono da educação de Paulo Freire. Mas aqui não. Ele foi, é e será patrono da educação do povo do Maranhão”, afirmou o governador.

    Para Dino, o professor Paulo Freire era um defensor do bem, da justiça, da causa dos pobres, da igualdade e da esperança. “O condenam por isto, que essa é a era estranha que nós vivemos. A sentença condenatória que há sobre Paulo Freire e sua obra, não é por nenhum mal feito, por nenhum desvio ético, por ter se apropriado de dinheiro público. Apenas por ter pensando e escrito”, destacou.

    A emocionante homenagem foi mais um tapa de luva que o governo do Maranhão dá nos desrespeitos do governo Federal com a história do Brasil.

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo