Blog do Garrone

Sessão Especial de Justiça: Gilmar Mendes ignora provas de corrupção e salva mandato de Temer

      O presidente do TSE, Gilmar Mendes: voto decisivo que salvou Temer da degola

Além de dar o voto decisivo para manter Michel Temer no cargo, o presidente do TSE, Gilmar Mendes, ainda fez um discurso contra a possibilidade do impeachment, alegando que está em jogo a soberania popular e a estabilidade do País.

Foram 4 votos a 3 contra a cassação no processo aberto a pedido do PSDB, derrotado em 2014.

Gilmar Mendes foi um dos maiores incentivadores da ação dos tucanos, mas afirmou nesta sexta que o fez, “mas não para cassar mandato”.

Comandados pelo presidente do TSE, os ministros que foram contra a cassação não permitiram que fossem incluídas no processo as delações da Odebrecht que revelaram contribuições milionárias para a campanha da chapa Dilma/Temer.

O julgamento lembrou o filme de Costa Gravas, Sessão Especial de Justiça, que relata a farsa do judiciário francês durante a ocupação nazista ao montar um tribunal de exceção para condenar e executar com todo o ritual de legalidade cidadãos franceses em reparação ao assassinato de um militar alemão .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *