Blog do Garrone

São Luís, 404 anos: uma cidade em desenvolvimento

sao-luis-1A transformação é notória. São Luís chega aos seus 404 anos muito diferente do que chegou, por exemplo, aos 400, em 2012. Cabe o reconhecimento a Edivaldo Holanda Júnior e sua equipe, e a parceria com o governador Flávio Dino, o mérito pela mudança de cenário, fruto do investimento responsável de recursos, aplicados de forma planejada e com o cuidado que a cidade merece.

Urbanização, melhorias no transporte público e no trânsito, redução do déficit habitacional, regularização fundiária, fomento ao turismo e a preservação do patrimônio histórico são algumas das realizações a comemorar. Que o diga a população de bairros como Vicente Fialho, Residencial Paraíso, Recanto Verde, Vila Nova República, Vila Vitória, Jardim São Raimundo, Pontal da Ilha, Vila Riod, Cidade Operária, Coroado, Caratatiua, Vila Bares, São Raimundo, São Bernardo, Vila Isabel, Santa Clara, Vila Apaco, Parque Sabiá/Forquilha, Jardim São Cristóvão e os cerca de 30 bairros do polo Coroadinho – todas localidades onde já chegaram os serviços de urbanização da gestão Edivaldo.

O volume é expressivo quando se trata de infraestrutura urbana: São mais de 1800 ruas com impacto em cerca de 90 bairros.  São aproximadamente 40 mil pontos de luz modernizados, sendo mais de 4 mil lâmpadas de LED nas principais avenidas.  São mais de 22 km de drenagem profunda; mais de 600 km de calçadas; cerca de 30 praças; implantação de vias interbairros, entre outros avanços.  Para além da cidadania, dignidade, mobilidade, os investimentos em infraestrutura urbana que a gestão municipal têm feito refletem na valorização de imóveis, revigora o comércio e impacta de forma muito positiva o desenvolvimento socioeconômico.

Depois de anos de espera, São Luís presencia hoje a modernização do sistema de transporte público, com a chegada de ônibus com ar condicionado e também articulados. Avanço que se dá após a conclusão do histórico processo de licitação do serviço, lançado por Edivaldo Holanda Júnior no início deste ano. Antes disso, já havia presenciado a modernização da frota e do sistema que a operava com a implantação de GPS nos coletivos e a renovação da frota, que chegou a 40% com a entrada de 371 ônibus novos no sistema.  Quem utiliza o transporte urbano na capital maranhense passou a contar nos últimos anos com outros benefícios, frutos de investimento da gestão, como a recarga embarcada, Bilhete Único e Cartão Criança.

As mais de dez intervenções geométricas de trânsito são também exemplos de como uma engenharia aplicada de forma inteligente facilita e resolve antigos problemas de engarrafamento da cidade, reduzindo ou zerando o número de acidentes e garantindo mobilidade urbana.

Educação, Agricultura e Habitação também trazem números positivos de avanços, que a população comemora. Cerca de 800 vagas foram abertas com a entrega de escolas no Piancó, Maracujá (UEB) Silvia Stella Fonseca Furtado e Vila Apaco (UEB Profª Laura Rosa. Afora as obras de creches e escolas de Ensino Fundamental de 12 salas que estão em curso na Chácara Brasil, Vila Conceição (Coroadinho), Residencial Ribeira, Cidade Operária, São Raimundo e Residencial Morada do Sol.

DCIM100MEDIADJI_0006.JPG

Há também quem comemore o aniversário da cidade de casa nova, como as mais de 10 mil famílias já beneficiadas com unidades habitacionais do programa “Minha Casa, Minha Vida”. A Prefeitura de São Luís desenvolve, hoje, o maior programa habitacional do Norte e Nordeste do país, cujas realizações não se restringem apenas à entrega de moradias. Os empreendimentos habitacionais contratados na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior já possuem previstos, na planta, equipamentos sociais como escolas e postos de saúde, áreas de lazer. Quem recebe uma moradia pelo programa também é beneficiado com curso pré-vestibular gratuito e capacitações de estímulo ao pequeno empreendedorismo e organização comunitária.

Além da redução do déficit habitacional, Edivaldo Holanda avançou com a regularização de ocupações, reduzindo, com a entrega de mais de 5 mil títulos de terra em áreas do Coroadinho, Vilas Mauro Fecury I e II, Residencial Alcântara, entre outros, o imenso e histórico passivo urbano

A zona rural também se dinamizou com os incentivos ao empreendedorismo no campo: Edivaldo implantou em São Luís o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que trabalham para diminuir os índices de insegurança alimentar na capital maranhense e garantir refeições nutricionalmente balanceadas e de qualidade aos estudantes de São Luís. Os agricultores da zona rural, por sua vez, vivem uma nova realidade e a perspectiva real de expansão do negócio, com a geração de emprego e o aumento na renda fomentados pelo poder público municipal.

O nosso Centro Histórico na gestão do Prefeito Edivaldo Holanda Junior vive uma era de desenvolvimento com reestruturação da infraestrutura urbana.  Recuperação das vias – em parceria com o governo do Estado -, a modernização da iluminação pública, inclusive com instalação de LED, e a revitalização de praças são algumas ações devolvidas nos últimos anos com o propósito de revitalizar o encantador Centro Histórico da capital maranhense – declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco por abrigar um dos maiores acervos colônias de origem portuguesa da América Latina.  Regiões antes conhecidas como pontos de criminalidade deram lugar a praças, a exemplo da nova Praça do Pescador, revitalizada com o apoio dos governos estadual e federal.  As praças Nauro Machado, Pantheon e da Alegria, no Centro da capital maranhense também foram reformadas.

Ainda sobre o Centro Histórico, merecem destaque ainda o programa de reforma de imóveis seculares, com o objetivo de abrigar moradias populares e assim incentivar a fixação de residências na região, bem como a criação de leis de incentivos fiscais, por meio do Programa Patrimônio Digital – que está atraindo empresas, qualificando mão de obras e gerando emprego e renda para a população. Com o Patrimônio Digital, mais de cinco mil pessoas foram inseridas no mercado de trabalho. Com a Casa do Bairro, localizada no Desterro, a Prefeitura criou um espaço de fortalecimento de vínculos dos moradores do Centro, com atividades que incentivam à preservação e valorização da área histórica e entorno.

Com tanto trabalho, a capital maranhense faz aniversário com mais orgulho e potencial para continuar crescendo e se modernizando, garantindo cada vez mais cidadania e direitos aos seus cidadãos.

Um comentário sobre “São Luís, 404 anos: uma cidade em desenvolvimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *