Logo
  • TRAIDOR, SEMPRE TRAIDOR

    Roberto Rocha não nega sua própria natureza e mantém histórico de traição

    Roberto Rocha e o “inocente” Lahesio Bonfim

    Traidor, sempre traidor.

    Depois de se reunir semana passada com o prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahesio Bonfim, pré-candidato ao governo do Maranhão, lançado pelo próprio PTB, o senador Roberto Rocha não negou sua natureza e passou a perna no pré-candidato.

    Em vídeo distribuído nas redes sociais, Lahesio se disse surpreso com a atitude de Roberto, o autointitulado Asa de Avião.

    “Não esperava isso dele de jeito nenhum. Poderia ter dito, olha Lahesio preciso do PTB. Eu tinha saído, senador. Não precisava esse jogo de cena”, avisou.

    ASSISTA

    A pré-candidatura de Lahesio foi anunciada no próprio site do PTB, dia 21 de março.

    Articulado pelo deputada evangélica e bolsonarista até a alma, Mical Damasceno, em conjunto com o deputado federal Josivaldo JP e o estadual Pastor Cavalcante, o nome do prefeito de São Pedro dos Crentes foi uma escolha dos evangélicos.

    Lahesio anunciou a sua saída do PTB e, caso queira disputar as eleições tem até sábado, dia 2, seis meses antes do pleito de 2 de outubro, para se filiar em um novo partido; segundo estabelece calendário eleitoral emitido pelo TSE.

    No caso de Roberto Rocha ele tem a convenção do PTB, que deve ocorrer entre 20 de julho e 5 de agosto, para decidir se vai disputar o governo ou o senado.

    Mas pela reação de Lahesio, o Asa de Avião deve concorrer ao Palácio dos Leões.

    Com Roberto Rocha no Maranhão, o PTB reforça o seu time de craques. Em São Paulo, Eduardo Cunha assinou dias antes a ficha de filiação do partido e deve sair candidato a deputado federal.

    Enquanto isso, o eterno presidente da legenda, Roberto Jefferson está em prisão domiciliar; ornado por uma tornozeleira.

    Isso sim é que se pode chamar de identidade partidária.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo