Blog do Garrone

Resultado das pesquisas: Instituto Perfil fatura contrato de R$ 1 milhão em Pinheiro

O deputado pré-candidato ao Senado, Waldir Maranhão, e o prefeito Luciano Genésio, de             mãos dadas para manipular a população através de pesquisas fraudulentas

Pior do que manipular os números é pagar uma pesquisa com dinheiro de quem ela pretende enganar, ainda mais em se tratando de um município pobre como o de Pinheiro, onde a prefeitura contratou o Instituto Perfil Pesquisas e Projetos, nome de fantasia da empresa Mondego e Silva Ltda-ME, por R$ 1 milhão de reais a titulo de fazer assessoria de imprensa até maio de 2018.

O Perfil foi o instituto que divulgou pesquisa na última quinta-feira com empate técnico entre Roseana Sarney e Flávio Dino na disputa pelo governo do estado em 2018; e neste sábado foi mais surpreendente ainda com a divulgação de um levantamento apontando que o prefeito Luciano Genésio tem 87% de aprovação.

87% de aprovação, um caso único no País!

Apenas 5,5% da população desaprova a gestão de Genésio, enquanto 7,3% não quiseram responder ou não possuem opinião formada.

Por mais que se possa considerar a eficiência do atual prefeito, esses números fogem completamente à realidade ao aniquilar as outras forças políticas, que para o bem ou para o mal possuem um eleitorado minimamente consolidado, especialmente o grupo do ex-prefeito Filuca Mendes.

Os 87% talvez sejam resultados da aprovação de quem faturou um contrato de R$ 1 milhão.

Assim, até eu!

Embora possam alegar que o contrato assinado dia 10 de maio não é para fazer pesquisas, não há como justificar o valor a título de assessoria de imprensa, mesmo que se contrate, digamos, vinte profissionais de comunicação – o que já é um absurdo –  para cobrir as atividades da prefeitura.

As recentes pesquisas da Perfil, além de falsear uma liderança unânime de Luciano Genésio e injetar condições de disputa a ex-governadora Roseana Sarney, também servem para insuflar a candidatura de Waldir Maranhão ao Senado, aliado – ou seria cúmplice? – do prefeito da princesa da baixada.

No final das contas, a pior crueldade: fazer a população pagar para ser enganada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *