Blog do Garrone

PF expede mandando de busca e apreensão para ex-auxiliares de Roseana por desvios de R$ 10 milhões às vítimas da seca

Operação Torrentes investiga desvio de recursos por oficiais do Corpo de Bombeiros no governo Roseana Sarney

A Polícia Federal deflagrou hoje a segunda fase da Operação Torrentes – denominada Círculo de Fogo –, para apurar desvio de recursos públicos federais e corrupção envolvendo oficiais do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, durante a gestão da ex-governadora Roseana Sarney. Entre os envolvidos estão o ex-Secretário do Gabinete Militar, coronel Carlos Alberto de Souza Lima – conhecido como coronel Betão –, e o ex-comandante do Corpo de Bombeiros, João Vanderley Costa Pereira.

Os documentos apreendidos na primeira fase da Operação Torrentes revelaram que um dos grupos empresariais favorecido pelo esquema criminoso também fora beneficiado com contratos firmados com o Corpo de Bombeiros Militar do estado do Maranhão, nos anos de 2013 e 2014. A Instituição auxiliou vítimas da forte seca que atingiu o Estado naqueles anos.

Também foi constatado que valores eram creditados pelo Corpo de Bombeiros na conta da empresa fornecedora investigada. Parte deles era repassada diretamente para as contas bancárias de oficiais daquela instituição, inclusive da alta cúpula, ou para as contas de um operador, que se encarregava de transferir-lhes a vantagem indevida.

Indícios também apontam superfaturamento nos contratos, em virtude de preço quase 30% superior ao de mercado e também do não fornecimento integral do objeto pactuado, os quais podem totalizar um prejuízo de mais de R$ 10 milhões aos cofres públicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *