Blog do Garrone

Pela 2ª vez Roseana é acusada de integrar organização criminosa que saqueou cofres públicos

Roseana Sarney mais uma vez é acusada de formação de quadrilha para saquear os cofres públicos

Roseana Sarney mais uma vez é acusada de integrar organização criminosa para saquear os cofres públicos

Esta é a segunda vez que a Justiça do Maranhão acolhe denúncia contra a ex-governadora Roseana Sarney por integrar uma organização criminosa montada para desviar recursos milionários dos cofres públicos.

Em maio deste ano, o juiz Fernando Luiz Mendes Cruz, da 7ª Vara criminal de São Luís, aceitou denúncia do Ministério Público contra Roseana, o cunhado Ricardo Murad e mais 14 pessoas, acusados de fazerem parte de uma outra organização criminosa que fraudou licitações e desviou verbas para construção e reformas de hospitais (Leia Aqui)

Seis meses depois, a ex-governadora é novamente acusada de participar de participar de uma organização criminosa, desta vez para desviar recursos públicos através de compensações ilegais de débitos tributários com créditos de precatórios, em um esquema montado na Secretaria de Estado da Fazenda, que causou um rombo de R$ 410 milhões.

A juíza Cristiana de Sousa Ferraz Leite, respondendo pela 8ª Vara Criminal de São Luís, recebeu a denúncia do Ministério Público contra Roseana e mais nove pessoas, dentre elas, o ex-secretário da Fazenda, Cláudio Trinchão e os ex-procuradores gerais do Estado, Marcos Lobo e Helena Haickel. (Leia Aqui)

Em ambos os casos, a ex-governadora disse que agiu dentro da lei e classificou as denúncias como perseguição política.

Os acusados tem dez dias para responder às acusações feitas pelo MP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *