Blog do Garrone

Pegos na mentira: médicos são sócios da empresa que os teria demitido da UPA

UPA da Vila Luizão: falsas demissões e outras mentiras médicas

O que melhor define a grande farsa montada por médicos, jornalistas e o sistema Sarney de comunicação é a camuflagem de voz e imagem dos profissionais de saúde na mentira deslavada exibida pela TV Mirante no último dia 30 de dezembro sobre demissões, falta de papel, sujeira e atraso no pagamento dos médicos que trabalham na UPA da Vila Luizão.

Se esse recurso é utilizado para proteger autores de denúncias graves de perseguições e até mesmo de riscos de morte, neste caso ele serviu para que a sociedade maranhense não reconhecesse os farsantes responsáveis por tamanho embuste apenas para atingir o governador Flávio Dino.

O blog entrevistou o médico Klauber de Araújo Souza Azevedo, sócio administrador da Base Serviços Hospitalares Ltda, terceirizada responsável pelo atendimento na UPA da Vila Luizão, que negou as demissões dos três médicos em consequência da cobrança que fizeram da Secretaria de Estado da Saúde sobre o pagamento dos salários atrasados, como fora divulgado pela emissora afiliada da Rede Globo e por um blog, que utiliza da sua aparente credibilidade para atender os interesses escusos do grupo oligárquico, que faz da mentira uma arma política.

Klauber Azevedo também afirmou que os salários estão em dia, como já dissera o secretário de estado da saúde, Carlos Lula, desmascarando mais uma trapaça dos desesperados com a possibilidade da reeleição de Flávio Dino em 2018, que os colocaria definitivamente no lixo da História.

E o que chamam de atraso ou é ignorância, ou má fé; pois todo e qualquer prestador de serviço só recebe após o mês trabalhado, quando então pode emitir a nota fiscal, e a SES atestar que o serviço foi realizado para dá prosseguimento ao processo de pagamento de acordo com os trâmites legais.

– Por isso sempre pagamos no mês subsequente, entre os dias 20 e 29 – explica o secretário de estado da saúde, Carlos Lula.

Igor Bonifácio: um dos médicos sócio da empresa, que teria lhe demitido, segundo que falsa denúncia que fez protegido pelas sombras na TV Mirante

Sócios

A própria notícia das demissões a mando do governo por si só revela-se faltar com a verdade, já que os médicos são contratados pela empresa terceirizada, a quem cabe exclusivamente qualquer tipo de decisão neste sentido.

O mais revelador é que os três médicos, Igor Bonifácio Andrade Coimbra, Eduardo Rogério Raposo Buna e Andrea Bandeira dos Santos, que seriam demitidos, são sócios da Base Serviços Hospitalares, conforme dados do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ), disponível no site da Receita Federal, que o blog publica logo abaixo.

Ou seja, um absurdo: uma empresa demitir os próprios donos!

Para completar, a médica Andrea Bandeira dos Santos divulgou em rede social um desabafo onde pede que deixem de citar o seu nome no caso e diz que não entende porque foi envolvida.

– Em nenhum momento fui comunicada da demissão, então não me senti demitida – escreveu e por isso mesmo, também por se considerar uma pessoa discreta que não gosta de holofotes, recusou participar da entrevista à TV Mirante, protagonizada nas sombras pelos seus dois colegas de profissão.

Pego na mentira

Papel mais obscuro desempenhou o eterno presidente do Conselho Regional de Medicina – CRM-MA, Abdon Murad, que ao invés de apurar os fatos diretamente com a Base Serviços Hospitalares e defender os direitos dos médicos, caso as demissões fossem confirmadas sem motivos que a justificassem, correu para Av. Ana Jansen para dar entrevista e reforçar a rede de boatos declarando que o secretário Carlos Lula lhe afirmara que a SES voltou atrás e não iria mais demitir os proofissionais que reclamaram do atraso de salários.

E na maneira contraditória típica dos mitomaníacos e da perna curta da mentira, falou coisa com coisa que não cabem no mesmo entendimento, seja ele qual for. 

O eterno presidente do CRM, Abdon Murad: o triste papel e

Após afirmar que a Secretaria de Saúde recuou na decisão de demitir os médicos, ele diz que Carlos Lula assegurou que não partiu nem dele e nem do governador Flávio Dino a determinação de afastá-los, mas da “empresa que gere a UPA da Vila Luizão”.

Em seguida ressalta que o “secretário de saúde garantiu, e me autorizou a divulgar, que os colegas vão ser reintegrados ao quadro da UPA”.

Ora, se a decisão de desempregar os médicos partiu da empresa que gere a UPA, como pode a SES desistir de demiti-los e garantir suas reintegrações?

– Isso é uma mentira, pois eu nunca disse isso para Abdon, pois se não houve demissões não há como voltar atrás em uma decisão que não existe, tampouco reintegrar alguém que não foi afastado – indignou-se Carlos Lula em conversa telefônica com o blog.

Ignorância e baixaria

O enredo das demissões é parte da trama que imputa ao governador a pecha de truculento e autoritário, associando-o as ditaduras comunistas do presente e do passado, que o seu partido, o PC do B, pretende implantar no Estado, conforme campanha difamatória e mentirosa promovida pelos incapazes de debater ideias com base em fatos reais.

– Nada fez mais medo, nem a guerra nuclear, que o regime encarnado em Stalin, que matou mais de 30 milhões de pessoas. Será que alguém pensa que o comunismo pode renascer no Maranhão? – vociferou o chefe do clã, o ex-senador José Sarney, em artigo publicado no jornal de sua família, O Estado do Maranhão.

– Todo governo tem um plano. Qual o plano do atual governo do MA? Seguir fazendo praças e ruas? Ou continuar financiando o comunismo na América Latina ? –  escreveu o senador Roberto Rocha, ilustrando com um demônio a postagem nas redes sociais.

Depois de ser apeado do poder após de 40 anos de domínio, só restou ao clã Sarney e seus súditos a mentira e a ignorância para tentar retomar o que consideravam uma capitania hereditária.

Veja o quadro societário da empresa Base Serviços Hospitalares

2 comentários sobre “Pegos na mentira: médicos são sócios da empresa que os teria demitido da UPA

  1. HIgor

    A verdade dos fatos
    Não existe atrasos mas não temos data certa para receber
    Esse Klauber é um mal colega aproveitador e em uma atitude desvairada, em retaliação a entrevista dada pelos dois colegas médicos, demitiu sim os medicos e teve que voltar atrás por imposição do secretário de saúde!
    Mesmo sendo sócios, foram demitidos!
    Klauber e Arthur Juca são dois articuladores
    Deveriam assumir o que acontecem e que voltaram atras nas demissões

  2. Washington luis

    É esse pessoal não tem mais que inventar passaram cinqüenta anos e não fizeram nada agora entrar um governador que tar fazendo em tão pouco tempo muitas coisa que eles não fizeram nunca mais voltam ao poder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *