Blog do Garrone

O blogueiro, o imortal, a insensatez e o direito de espernear dos derrotados

jus-sperniand-2jus-sperniandiNão sei se acho graça ou se relego ao jus sperniandi, que é o direito de espernear, o direito ao desespero concedido a pessoas em situações vexatórias, a tentativa de um blogueiro e de um outro dito imortal em desqualificar a vitória de Edivaldo Holanda por praticamente repetir em 2016 a mesma votação (4.433 mil votos a mais) do segundo turno de 2012, quando venceu o então prefeito João Castelo.

Com os neurônios empedernidos pela sequência de derrotas a partir da queda do antigo regime Sarney, os ditos-cujos acabam na verdade é consagrando a liderança política do prefeito por possuir um eleitorado consolidado na capital e que acredita nas mudanças iniciadas em São Luís com a sua primeira eleição, e em todo o Maranhão com a do governador Flávio Dino em 2014.

E o que mais os desconcerta é que mesmo com todas as dificuldades enfrentadas nos dois primeiros anos de gestão, resultados da herança maldita deixada pelo ex-prefeito João Castelo e da perseguição da ex-governadora Roseana, acrescentado da inclemente campanha contrária, ou melhor difamatória, promovida pelo sistema Sarney de comunicação, Edivaldo não só não perdeu como ampliou a sua votação.

Aliás, tamanha é a insensatez dos apavorados que enquanto o blogueiro argumenta que o aumento de apenas 2% do eleitorado em quase quatro anos de administração, revela a rejeição do prefeito e o uso da máquina pública e da compra de voto para superá-la; o imortal sugere a incompetência de Edivaldo ao escrever em sua conta no Twitter, que tem algo de errado quando um candidato que teve todo o poder do Estado só consegue ter a mesma votação de quatro anos atrás.

Jus sperniand é uma gíria forense, que não existe no latim e não possui conotação jurídica real, mas consta do dicionário do STJ, conforme explica o advogado Jose Erigutemberg Meneses de Lima em artigo no site Jusbrasil, como jargão jurídico qualificando a situação em que o advogado à falta de argumento idôneo para instruir a defesa, procura tirar pelos de casca de ovos.

A dupla ainda terá que dar muito nó em pingo d’água para buscar algum conforto e explicar o  o seu mundo que desaba!                      

2 comentários sobre “O blogueiro, o imortal, a insensatez e o direito de espernear dos derrotados

  1. ricardo de jesus bastos santos

    Na verdade a hora de votar é sacramentada e faz jus aos votos de fidelidade. Vamos que vamos e torcemos para que a administração que continua , possa concluir os trabalhos . Parabéns ao Prefeito reeleito!

  2. gilberto

    Parabéns pela vitória, foi suada, mais fica um alerta para o Governador Flavio Dino, centenas de votos dados ao aniversario tem haver, com o não compromisso com os funcionários públicos, A maioria dos votos dos funcionários públicos estadual foram dado a Braide, numa resposta clara ao desprezo do governador com a categoria. isso é fato, ele tem que acordar para essa realidade, pois 2018 está na porta. somos quase 200.000 mil funcionário que temos família. Acreditamos ainda a duras pena que o governo seja de mudança não queremos enterrar um sonho de ” Um Maranhão de todos nós” é bom que ele haja como governador, e ele fez essa escolha e o povo confiou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *