Blog do Garrone

Morre o ator Guilherme Karam, aos 58 anos

                         Ator estava internado havia há dois anos no Rio

 Ator Guilherme Karam como o personagem Geraldito, de "América" - Foto de divulgação de 02/05/2005


Ator Guilherme Karam como o personagem Geraldito, de “América” – Foto de divulgação de 02/05/2005

POR O GLOBO

RIO – O ator Guilherme Karan morreu na manhã desta quinta-feira, no Rio, aos 58 anos. Ele estava internado há pouco mais de dois anos no Hospital Naval Marcílio Dias, no Lins, Zona Norte da cidade. Ele tratava a síndrome de Machado-Joseph, uma doença degenerativa que também vitimou a mãe e dois irmãos. Procurado pelo GLOBO, o hospital ainda não divulgou mais informações.

O ator conheceu o sucesso na época de “TV Pirata”, de 1988. No humorístico, ele eternizou diversos personagens, como o apresentador da TV Macho, Zeca Bordoada, e o capanga Agronopoulos. Ao lado de Débora Bloch, foi o único a fazer parte de todas as temporadas do programa, que foi até 1992.

Karan estreou na televisão em 1984, na novela “Partido alto”. Na trama de Aguinaldo Silva e Glória Perez, ele interpretou Políbio, um charlatão explorador. Ele também participou de “Dona Beija” (1986), “Meu bem, meu mal” (1990), “Perigosas peruas” (1992), “Explode coração” (1995), “Pecado capital” (1998) e “O Clone” (2001).

O ator também se notabilizou por fazer parte do elenco dos filmes da apresentadora Xuxa Meneghel. Ele fez o Baixo Astral em “Super Xuxa contra Baixo Astral” (1988) e Gorgom em “Xuxa e os duendes” (2001) e “Xuxa e os duendes 2” (2002).

O último trabalho de Guilherme Karam na televisão foi na novela “América”, de 2005. Atualmente, o ator pode ser visto nas reprises de “TV Pirata” e “Meu bem, meu mal” no canal Viva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *