Logo
  • Máquina de fake news sarneysista exibe no Facebook propaganda de Roseana proibida pela Justiça

      Fake news eleitoral derrubada pela Justiça é veiculada no Facebook

    Roseana Sarney: campanha fake

    Propaganda fake news de Roseana Sarney proibida pela Justiça Eleitoral está sendo veiculada nas redes sociais, como parte de uma campanha difamatória para atingir o governador Flávio Dino.

    No vídeo são exibidas duas escolas não identificadas, uma completamente sucateada e outra porcamente reformada, como exemplo do projeto Escola Digna promovido pelo governo do estado.

    Na sexta-feira o juiz Clodomir Sebastião Reis ordenou que a candidata oligárquica retirasse a propaganda do horário eleitoral na TV, por entender que a falta de informações sobre a localização dessas escolas coloca em dúvida a veracidade da denúncia.

    “Não se tem como saber, se de fato, elas estão localizadas no Estado do Maranhão, se está sob administração estadual, se tais imagens são atuais”,    disse o magistrado ao deferir a liminar solicitada pela coligação “Todos pelo Maranhão”. 

    Capa da página no Facebook especialista em divulgar fakes contra Flávio Dino e elogios                                 à família Sarney e seus candidatos puro sangue

    De acordo com o juiz, o programa eleitoral de Roseana Sarney ao não deixar claro onde ficam as escolas mostradas nas imagens, nem se se tratam das mesmas escolas pode gerar dúvidas e juízos de valor negativos contra a candidatura de Flávio Dino.

    As fake News sarneysistas são compartilhadas nas redes sociais pela página “Maranhão Torrão”, onde não há o nome do responsável, que teria, segundo consta, estudado da UFMA e no Ceuma, e atualmente trabalha “na empresa Facebook”.

    O “Maranhão Torrão” é recheado de difamações contra Flávio, acusado de querer “fazer do Maranhão uma Venezuela”, e de elogios a Roseana, Adriano e Sarney Filho.

    A arma da mentira revela o perfil de quem a usa!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo