Blog do Garrone

Janot denuncia Lobão, Jader, Renan, Sarney, Jucá e Raupp por organização criminosa

UOL

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ofereceu denúncia ao STF (Supremo Tribunal Federal), nesta sexta-feira (8), contra cinco senadores e dois ex-senadores do PMDB, acusados de integrar organização criminosa e receberam R$ 864 milhões em propina.

Os senadores Edison Lobão (MA), Renan Calheiros (AL), Romero Jucá (RR), Valdir Raupp (RO) e Jader Barbalho (PA), além do ex-presidente da República, José Sarney (AP) e do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado (CE) teriam gerado prejuízo de R$ 5,5 bilhões aos cofres da Petrobras e de R$ 113 milhões aos da Transpetro, segundo a PGR (Procuradoria-Geral da República).

A denúncia foi oferecida com base no inquérito em que foram investigados os cinco senadores do PMDB, Sérgio Machado, Silas Rondeau, Milton Lyra e Jorge Luz. Sarney não estava inicialmente no processo.

O grupo ficou conhecido como “quadrilhão do PMDB” no Senado e teria desviado recursos públicos e obtido vantagens indevidas no âmbito da administração pública.

De acordo com a PGR, esta é a 34ª denúncia oferecida pela PGR no âmbito da Operação Lava Jato no STF. A relatoria é de Edson Fachin.

O UOL ainda não conseguiu contato com os advogados dos acusados. Assim que responderem, as defesas serão incluídas.

Um comentário sobre “Janot denuncia Lobão, Jader, Renan, Sarney, Jucá e Raupp por organização criminosa

  1. Antonio Carlos

    Será que vão pegar o chefão do chefão Sarney, Olha é inacreditável sarneyzao denunciado?. O Brasil precisa ser passado a limpo, o dia que seria o dia mas feliz da vida é quando Sarney for preso. Nada é impossível, sarney não pode sair dessa pra melhor sem para a conta,que deve com o povo e a justica, se isso não acontecer o Brasil vai ser desmoralizafos para o resto da vida, e justica tmb, oofem anotar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *