Blog do Garrone

Grupo Sarney-Lobão é maior beneficiário de esquema de propinas revelados na Lava Jato

Clãs Sarney e Lobão lideram as citações em delações premiadas e investigações da Política Federal.

Clãs Sarney e Lobão lideram citações em delações premiadas e investigações da PF

No rol de políticos do PMDB implicados na Operação Lava Jato, os clãs Sarney e Lobão lideram as citações em delações premiadas e investigações da Política Federal. Fosse por meio de doações em campanhas eleitorais em caixa 2 ou por esquemas de propinas junto a grandes estatais federais, os chefes políticos que dominaram a política maranhense por meio século, foram os principais beneficiários do PMDB dentro do maior escândalo de corrupção do país.

Para se ter uma ideia do apetite da família Lobão, o ex-ministro de Minas e Energia Edison Lobão recebeu sozinho um quarto de toda a propina destinada ao PMDB. Em delação premiada, o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado afirmou Lobão recebeu R$ 24 milhões de propina desviada da estatal. O valor representa quase um quarto de todos os recursos que Machado alega ter pago ao PMDB ao longo dos 11 anos em que esteve à frente da empresa, somando mais de R$ 100 milhões. Além de Edison Lobão, seus filhos Edinho e Luciano também são acusados de receberem recursos oriundos de propina

Já a ex-governadora Roseana Sarney teria recebido do doleiro Alberto Youssef, R$ 6 milhões em propinas por meio do então secretário-chefe da Casa Civil, João Abreu, em troca da liberação de precatório milionário para a empreiteira UTC-Constran.

O delator da Operação Lava Jato Carlos Alexandre de Souza Rocha, o Ceará, afirmou à Procuradoria-Geral da República que  Alberto Youssef lhe mostrou no final de 2013 um rascunho indicando “fluxo de propina” dividido em vários níveis, um deles identificado pela palavra ‘Leão’ – suposta referência ao Palácio dos Leões, sede do governo do Maranhão.

Outro delator da Operação Lava Jato, Rafael Ângulo, afirma que a propina paga à ex-governadora Roseana Sarney era entregue nas dependências do Palácio dos Leões. O delator fixava o dinheiro no próprio corpo para viajar entre São Paulo e São Luís, para entregá-lo a João Abreu.

O ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado também afirmou aos investigadores da Operação Lava Jato que o ex-presidente da República e ex-senador José Sarney (PMDB) recebeu R$ 16,25 milhões em propina, pagos em dinheiro vivo, entre 2006 e 2014. Outros R$ 2,25 milhões em recursos obtidos de forma ilegal teriam sido pagos por meio de doações legais, totalizando R$ 18,5 milhões.

5 comentários sobre “Grupo Sarney-Lobão é maior beneficiário de esquema de propinas revelados na Lava Jato

  1. MACABEU

    Aplauso a impunidade, ninguém pode dizer nada, é uma ofensa muito grande para os intocáveis, isso tudo é perseguição política, isto tudo é calúnia dos adversários.
    Meus amigos, só mesmo num país como o Brasil, surrealismo explícitos. A Cleptocracia tomando de assalto o país dos miseráveis em proveito próprio. Assim não dar, para tudo e se redescobre novamente o Brasil, o que não pode é conviver com esses ignóbil, Sarney, Roseana e Lobão, gozando da mesmo liberdade de nós os honestos, isto nos diminue e nos humilha, haja dignidade.

  2. Mario Cardoso

    PROJETO PESSOAL DE FÁBIO CÂMARA TERMINA DE
    ACABAR COM O PMDB EM SÃO LUÍS.

    Roseana, filha do experiente Sarney, desautorizou o PMDB, como cabeça de chapa, de concorrer às eleições municipais deste ano e indicou Wellington do Curso. Lobão, o filho e em nome do pai, colocou Eliziane Gama debaixo do braço e foi peitar Fábio no partido, irredutível, nada aconteceu. Traduzindo, Lobinho foi rifado de concorrer ao governo do Estado por antecipação.

    João Alberto, o rapina, percebendo a falta de visão partidário do vereador, por diversas vezes acenou pela retirada da candidatura ao Executivo Municipal, entretanto, a promessa de ter, em São Luís, um forte coordenador de campanha ao Palácio dos Leões deixou-lhe zonzo.Como Carcará costuma dizer por onde passa; “Todos têm seus interesses…”. E pelos seus interesses o pássaro cai na arapuca.

    Outros caciques, Roberto Costa e os Murads, já sabem que o projeto de Fábio vai detonar a vaga de um deles em 2018 e por isso lutaram contra a candidatura de Câmara, mas em vão. Apenas Hildo Rocha segue o caminho de João Alberto também na esperança de uma dobradinha na Capital. Hildo apenas esqueceu que João Marcelo enveredou primeiro no mesmo conto.

    O projeto de Fábio Câmara não é apenas pessoal, mas pequeno. Segue peitando uns pemedebistas, ganhando outros no gogo e pisando na cabeça do restante. Pensando apenas na candidatura majoritária, semana passada, Fábio explodiu os candidatos do PMDB ao vendê-los, como bucha de canhão, por seiscentos mil reais. No pacote de negociação também entrou doze assessorias, quatro de cada futuro vereador do PRP – Afonso Manuel, Nato e Sebastião Albuquerque – o trio esta saltitantes de alegria.

    O dinheiro, duzentos mil de cada, pagos por Afonso Manuel (leia-se Helena Duailibe), Nato e Sebastião Albuquerque, será usado na campanha dois de Fábio e as assessorias alimentarão parte de seu grupo nos próximos dois anos. Já para o segundo turno, com os votos trazidos pela tríade do PRP e os lisos do PMDB, Fábio Câmara pretende negociar uma secretaria em troca de apoio e assim, manter-se vivo até 2018, quando disputará uma vaga a Assembleia Legislativa. Ricardo Murad que o diga… “esse menino é de ouro”.

  3. Antonio Carlos

    Essa trupe é do PMDB, não poderia dar outra, não venha me dizer que é um partido, está mais para Club de Batedores de Carteira, quando você ver este trio Roseana Sarney, Lobão e o dito cujo o corrupto golpista Zé Sarney, as pessoas leva automaticamente as mãos no bolso, como forma de proteger sua carteira. Não estou mentindo não. Eles, essa corja soltos é um insulto a todos nós, sua liberdade provocam uma passividade nas pessoas de bem, descrença na justiça e duvidar da fé.

  4. Diana Nascimento

    Pra mim isso não é novidade. O Sérgio Machado revelou a verdadeira face de todos em sua delação. Só que nada foi apurado e agora estamos vendo isso aí.

  5. Vanusa Martins

    Esse é um país de absurdos, os denunciados deveriam todos estarem sob custódia da justiça e sob forte investigação. Mas, ao contrário, estão todos ai ocupando os cargos mais importantes do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *