Blog do Garrone

Explosão em show de Ariana Grande em Manchester deixa 22 mortos

POR O GLOBO / AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

LONDRES – A polícia britânica confirmou que um forte estrondo provocou pânico e deixou ao menos 22 mortos e 59 feridos após um show da cantora pop americana Ariana Grande na cidade inglesa de Manchester na noite desta segunda-feira. O homem que realizou o atentado morreu ao detonar uma carga explosiva, indicou nesta terça-feira a polícia da cidade, que mencionou um incidente terrorista. O chefe da polícia de Manchester, Ian Hopkins, disse que o homem detonou um dispositivo explosivo de fabricação caseira. Vários agentes isolaram o entorno da Manchester Arena e emitiram um alerta para que as pessoas não se aproximassem da região, enquanto um comando policial local tratou o caso como terrorismo até segunda ordem. Ariana está bem, segundo declarou um representante de sua gravadora à revista “Variety”.

Um primeiro estouro foi ouvido logo após o final do show da cantora, por volta de 22h30m (hora local), aparentemente do lado de fora. Ariana havia saído do palco e as luzes haviam sido acesas. Apreensivas, as pessoas correram em pânico após a aparente segunda explosão, cerca de dois minutos depois.

Apesar dos fortes estouros, não houve relatos iniciais de fumaça. Testemunhas também atribuíram o desespero no local ao estouro de balões, o que poderia ter provocado um pisoteamento em massa.

Por outro lado, funcionários de serviços de emergência relataram ter atendido pessoas com ferimentos por fragmentos, compatíveis com uma explosão. A polícia chegou a detonar um pacote suspeito numa varredura após o isolamento da área, mas tratava-se apenas de uma mochila com roupas. As redes americanas NBC e CNN citaram a possibilidade de uma explosão suicida, enquanto a CBS falava em explosão de pregos.

Explosão na Manchester Arena

Testemunhas no local

relataram ter ouvido

um “enorme estrondo”

após um show de Ariana

Grande, no Manchester

Arena. A polícia confirmou

que houve mortes.

Ariana Grande publicou uma mensagem no Twitter lamentando o atentado. A cantora disse que está “ferida. Do fundo do meu coração, sinto muito. Não tenho palavras”

Ainda sem maiores informações ao público, a polícia logo declarou o caso como um “incidente sério”. Várias ambulâncias e viaturas foram redirecionadas ao local com urgência. O serviço britânico de trens bloqueou as linhas que saem da estação Victoria, em frente à arena.

— Quando estávamos bem na porta, houve uma grande explosão e todos começaram a gritar — afirmou Catherine Macfarland, frequentadora do show. — Foi uma explosão enorme, podia ser sentida no peito.

Pessoas relataram ter visto outros frequentadores do show ensaguentados e “uma cena caótica”.

— Quando chegamos lá fora, muitos policiais vieram correndo em direção à área e a estação Victoria foi cercada — disse ao “Guardian” uma testemunha identificada como Hannah, mencionando que haveria” uma bomba e um atirador”.

Pessoas que moram no entorno do local logo relataram que o estouro foi muito alto.

— Ouvi um enorme estrondo da minha cama, e fui para a frente do meus apartamento e vi todo mundo fugindo em grandes grupos. O estouro foi tão grande que ouvi do meu quarto que está na parte de trás dos blocos de apartamentos — disse à Press Association Suzy Mitchell, de 26 anos, que mora em frente ao local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *