Logo
  • NOVOS ARES

    Em parceria com iniciativa privada, governo revitaliza prédio e instala shopping no centro histórico

    O governador Crlos Brandão inaugura o primeiro shopping cultural

    Com o nome Shopping Rua Grande está em funcionamento o primeiro shopping cultural do Maranhão. A inauguração do espaço ocorreu nesta quarta-feira (26) e contou com a presença do governador Carlos Brandão, que destacou a revitalização do prédio a partir do programa Adote Um Casarão, vinculado ao programa Nosso Centro. Além da revitalização do patrimônio público, cerca de 200 empregos, diretos e indiretos, foram gerados da construção até o pleno funcionamento do centro comercial.

    “São Luís é uma cidade patrimônio cultural da humanidade e que reúne o maior conjunto de prédios arquitetônicos da América Latina, não podemos deixar esses prédios entrarem em ruínas. Aqui era um prédio que estava sem função e hoje com a instalação desse shopping teremos vida, são mais de 70 lojas que serão instaladas na parte comercial, praça de alimentação e também teremos um espaço cultural, onde os artistas poderão apresentar os seus projetos, e vamos ter a oportunidade também para atividades culturais”, declarou o governador Carlos Brandão.

    O empreendimento possui uma área de 2.100 m² em três pavimentos: térreo, 1° piso e 2° piso; possui elevadores e sistema de wi-fi para o público. Com mais de 70 lojas e metade da capacidade já locada, o espaço é um grande atrativo comercial, localizado no início da Rua Grande, próximo ao Palacete Gentil Braga. Além da parte comercial, o prédio também dispõe de serviços do Viva/Procon, praça de alimentação e uma sacada com vista para a Rua Grande.

    Durante a inauguração, um dos sócios e representante do Shopping Rua Grande, Ribamar Viana, destacou a importância do Adote Um Casarão, que possibilitou à iniciativa privada a possibilidade de revitalização de um prédio histórico que estava sem uso e que agora passa a ser importante para a economia local.

    “Conseguimos, num prazo de dois anos, transformar esse sonho que a gente tinha em realidade. Hoje a gente inaugura um shopping com a cara da cultura maranhense, um shopping popular, com várias opções para o público. Nós e todos os lojistas estamos muito satisfeitos, já é um grande sucesso. Temos uma realização pessoal com essa obra e uma gratidão pelo Governo do Estado ter lançado esse projeto, o Adote Um Casarão, onde tivemos a visão de investir e empreender”, comentou Ribamar Viana.

    Joslene Rodrigues, secretaria das Cidades e Desenvolvimento Urbano: “Dá vida ao patrimônio histórico
    é revitalizar e gerar emprego e renda. Esse é o nosso compromisso com os maranhenses”

    O Shopping Rua Grande foi restaurado a partir do programa Adote um Casarão, desenvolvido pela Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid). O programa disponibiliza, por meio de editais, imóveis do Estado, em desuso ou subutilizados, para empresas e grupos culturais com o compromisso de restaurar o espaço e assim utilizá-lo por um período de 15 a 30 anos.

    A secretária de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano, Joslene Rodrigues, ressaltou que dar vida ao patrimônio histórico é uma grande realização da gestão estadual. 

    “O programa Nosso Centro é um programa do Governo do Maranhão e dentro dele tem várias ações, incluindo o Adote Um Casarão, que é uma parceria do Estado com o ente privado, que neste caso aqui do Shopping Rua Grande, a partir de concorrência pública, o vencedor foi o empresário Ribamar Viana que fez a revitalização do espaço, e estamos entregando este belíssimo prédio para a nossa população”, pontuou a secretária.

    A revitalização do prédio que agora se tornou um centro comercial foi destacada pelo lojista Maurício Carvalho. “É um excelente programa que revitalizou o nosso Centro Histórico, não só aqui no Shopping Rua Grande, como outros casarões que foram adotados. Isso traz benefício tanto para os moradores como para a parte comercial aqui do Centro, sendo um bom negócio para todos”, disse.

    O Shopping Rua Grande também abriu espaço para que artesãos possam apresentar seus trabalhos por um período com um valor mais acessível. Isabel Silva é uma das artesãs que abraçou a oportunidade. Ela faz parte da Associação Unidos pela Fibra e consegue divulgar o seu trabalho e o da associação.

    “Ficou muito boa a revitalização do prédio e também a oportunidade que estamos tendo, com esse convite para os artesãos. O meu segmento é fibra de buriti e eu convidei uma companheira da associação que trabalha com materiais de bijuteria infantil. Estamos gostando muito dessa oportunidade”, afirmou Isabel Silva.

    O Shopping Rua Grande funciona das 9h às 21h, de segunda-feira a sábado; e aos domingos, das 9h às 14h, com feirinha cultural composta por diversas atrações da música, dança, além de espaço para a culinária e artesanato regional.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Deu no D.O

    • A coluna Deu no D.O. está no ar com os generosos contratos dos nossos divinos gestores públicos. Dos caixões (R$ 214 mil) de Itapecuru-Mirim ao material de limpeza de Coroatá (R$ 2 milhões), ainda figuram Viana, Matões, Porto Rico e São José de Ribamar. 
  • Fale com o Garrone

    (98) 99116-8479 raimundogarrone@uol.com.br
  • Rádio Timbira

    Rádio Timbira Ao Vivo