Blog do Garrone

Em nota, Roseana se defende do que não é acusada para jogar a culpa em Ricardo Murad

Roseana e Ricardo Murad, acompanhados do então presidente da Assembleia Arnaldo Melo e do vice governador Washington Luís durante o lançamento do Saúde é Vida

Roseana e Ricardo Murad, acompanhados do então presidente da Assembleia, Arnaldo Melo. e do vice governador, Washington Luís, durante o lançamento do Saúde é Vida

Roseana Sarney é sempre Roseana Sarney, e dane-se o resto.

O seu instinto de sobrevivência sobrepõe-se a qualquer valor ético, que minimamente possa garantir uma firmeza de caráter diante das adversidades da vida, sem que seja capaz de tudo para sobreviver.

No primeiro sinal de tempestade, é a primeira a pular do barco!

Assim como fez com o PT, Lula e Dilma, depois de doze anos de bonança, ela agora faz com o seu cunhado, o ex-secretário de saúde, Ricardo Murad.

Acusada pelo Ministério Público, em ação aceita pela Justiça, de associação criminosa para desviar recursos da Saúde, Roseana se defende transferindo para Ricardo a responsabilidade pelos crimes denunciados, afirmando que em “nenhum momento autorizou despesas ou interferiu administrativamente no caso que está sendo investigado”.

O problema é que o MP não a acusa de ordenar despesas ou de interferir nas decisões “mirabolantes” de Murad para beneficiar empresas “amigas” nas obras dos 64 hospitais de 20 leitos.

O promotor Lindonjonson Gonçalves de Sousa, autor da denúncia, diz que o ex-secretário e seus substitutos e sucessores, se reportavam diretamente à ex-governadora, nos termos do art. 54 da Constituição Estadual, ocasionando solidariedade entre os gestores.

Ainda na acusação, Lindonjonson aponta que as transações e transferências de recursos para as empresas contratadas sem licitação, no montante de R$ 57 milhões, serviram para abastecer sua campanha eleitoral e seu partido, em 2010, na quantia de R$ 1.950.000,00.

De acordo com o art. 21 da lei 9504/1997, ela é a responsável pelas “doações” recebidas na sua campanha.

Além disso, o promotor ressaltou que  Roseana encabeçou, na condição do cargo que ocupava, os atos de divulgação das obras, inaugurações e ampla campanha publicitária pré-eleitoral, pondo os negócios dos hospitais em grande quantidade, como atos administrativos de seu governo.

Na nota divulgada por sua assessoria, ela não se defende dessas acusações, e como sempre, igual a todo político inocente, diz que tudo não passa de perseguição política.

E Ricardo Murad que se vire!

Assista a propaganda do governo sobre o Saúde é Vida e uma reportagem sobre a inauguração de um hospital de 20 leitos em Maracaçumé 

Leia a nota da assessoria de Roseana sobre a acusação do Ministério Público

f2e13de367a2a13cf8083bfd9dff23bd

2 comentários sobre “Em nota, Roseana se defende do que não é acusada para jogar a culpa em Ricardo Murad

  1. MACABEU

    Garrone, Ninguém tem dúvida, de que, Roseana Sarney é uma marginal, tão qual Eduardo Cunha, Waldir Corrupção e outros infames da politica. Perguntar o que que essa miserável faz solta?, é outra pergunta difícil de responder. Com esse judiciário abarrotado de processo e juizes preguiçoso, que se cansa facilmente,(o Supremo não foge as regras), um cadáver como Roseana Sarney, vive por ai , “fuçando no lixo” para derrubar alguém, que é até mais honesta do que ela. Nessa republiqueta das banana, nós os honesto temos que conviver, com essas ratazanas, que sai do esgôto, outros de seus covil, para afrontar a maioria dos honesto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *