Blog do Garrone

Deu no D.O.

Papel-toalha – Em Nova Olinda do Maranhão o frevo ficou por conta da T.M.M. Prazeres Móveis e Equipamentos para Escritório, que ficou animada com os cinco contratos conquistados na prefeitura no valor total de R$ 2.716.220,80. Dois são para fornecer material de expediente por R$ 1.487.729,14; e os outros três são por material de limpeza e utensílios ao custo de R$ 1.228.491,66.

5 estrelas – Já em Pinheiro não é preciso procurar no Booking ou em qualquer outro site de reserva para conseguir um hotel. A prefeitura contratou por R$ 620.000,00 a A.M. Rodrigues – Hotel-ME para fornecer serviços de hospedagens com café da manhã durante eventos promovidos pelo Município.   

Molduras – Enquanto isso, São João dos Patos investe R$ 399,451,00 no visual divididos em dois contratos de aquisição de adesivos, molduras em quadro e placas. A Virgu’s Fotos Comunicação Visual Ltda levou R$ 198.603,00 e a Brasil Comunicação Visual Ltda-ME R$ 200.848,00.

Papel-presente – Mas o negócio mesmo em Amarante do Maranhão é off-set. A prefeitura contratou R$ 1.530.210,50 em serviços de impressão da Gráfica e Editora Brasil Eireli. A papelada será dividida entre as secretarias de Educação (R$625.922,00), Saúde (R$629.021,00), Administração (R$ 183.602,50) e Assistência Social (R$91.665,00).

Brilux – Vitorino Freire deve estar um brinco depois que a prefeitura aplicou R$ 2.056.504,32 em limpeza pública contratando a Construtora Cardoso Ltda. para realizar o serviço até maio de 2018.   

Rede Social – Em São Félix de Balsas a inclusão digital só deu para a Uruçuinet Telecom e Informática Ltda-ME que ficou com cinco contratos para fornecer serviços de internet para as secretarias de Assistência Social (R$ 156.800,00), Administração (R$ 156.800,00), Educação (R$ 200.600,00) e Saúde (dois contratos de R$ 200.600,00 cada).

Sacolão – Sem especificar nos extratos publicado no Diário Oficial, a quantidade e tampouco o objeto da compra, a prefeitura de Pedro do Rosário assinou cinco contratos com a A J. Campelo Mesquita para fornecer R$ 1.738.088,00 em material permanente (bens que, em razão de sua natureza e sob condições normais de utilização, tem duração superior a dois anos) para as secretarias de Saúde (R$ 271.411,00), Educação (R$ 1.070.985,00), Administração (R$ 251.620,00) e Assistência social (R$ 144.072,00).

Mão de cal I – Ainda em Pedro do Rosário o reparo e manutenção de unidades escolares, matadouros, feiras vias urbanas e as instalações da secretaria de saúde vai custar R$ 3.836.507,99 distribuídos em quatro contratos com as empresas D.D.E.J.Sampaio –ME e Terraplam Const. Com. Distrib. Repres. e Serviços Ltda.

Mão de cal II – A Terraplam arrematou um contrato de R$ 1.563.502,43 pelos serviços nas unidades escolares, e a J Sampaio ficou com os outros três somados em R$ 2.273.005,56 pelo restante do trabalho determinado na concorrência pública.

DNA – Para evitar problemas com a Justiça, a prefeitura de Barreirinhas contratou o escritório Rachid & Maluf Advocacia & Consultoria para fazer assessoria jurídica do município por R$ 144.000,00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *