Blog do Garrone

Deu no D.O.

Ferrari – O que não vai faltar aos estudantes de Tasso Fragoso é carro novo. A prefeitura contratou por R$ 1.173.000,00 a Planecon Serviços Ltda para prestar serviços de locação de veículos para fazer o transporte escolar.

Aditivada I – Para garantir o ronco dos motores, a prefeitura de Presidente Vargas assinou contrato de R$ 1.257.443,30 com o Auto Posto Santa Clara Ltda para fornecer combustíveis e derivados durante o transcorrer de 2017.

Aditivada II – A combustão em Vitorino Freire consumirá no mínimo 25 mil litros a mais com os R$ 1.750,050 em combustível divididos em quatro contratos assinados com o Posto de Gasolina Guerra Ltda.

Na ponta do lápis – Enquanto isso em São Raimundo das Mangabeiras a prova é a dos noves dirigida pela L N de Sousa Juniorme que foi contratada para fazer a contabilidade pública da Prefeitura e da Secretaria municipal de saúde e vigilância sanitária por R$ 209.000,00.

Piaçaba – Se depender do valor do contrato, Buriti será uma cidade limpa. Por R$ 1.689.672,44 a D.J.C Almeida & Cia Ltda-ME fará o belo serviço de limpeza pública enquanto durar o ano de 2017.

Menu – Em Buritirana os alunos não vão ficar de barriga vazia com o contrato de R$ 608.636,00 assinado com a R. dos Santos Costa Comércio para fornecer gêneros alimentícios para compor o cardápio da merenda escolar.

Autorizada– Em Lagoa do Mato a frota de carros deve ser uma das maiores do Maranhão pelo custo dos dois contratos somados em R$ 935.309,66 para fazer a manutenção dos veículos de apenas duas secretarias municipais, a de Educação (R$ 769.161,71) e a de Saúde (R$ 166.147,95) assinados com a Santa Rosa Peças e Serviços Ltda.

Neon – Em Porto Franco as faixas de pedestres e as placas de contramão serão reluzentes em função dos R$ 450.580,00 do contrato com a Avante Comunicação Visual Ltda-ME para fazer a sinalização viária de ruas e avenidas.

Precioso líquido – A prefeitura de Anajatuba resolveu matar a sede e abriu as torneiras para jorrar R$ 218.450,00 referentes ao contrato assinado com a A M Tinoco-ME para o fornecimento de água mineral; o que dá em média 970 litros por dia, levando-se em conta o final do mês de fevereiro, data da assinatura do contrato, e o preço estimado do galão de 20 litros em R$ 15,00; R$ 1,50 a mais do cobrado em São Luís com entrega a domicílio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *