Blog do Garrone

Deu no D.O.

Iluminada – No dia 28 de dezembro, a prefeitura de Porto Franco assinou contrato de R$ 812.317,50 com a Luz Engserv Ltda para gerenciar a iluminação pública no município até o mesmo dia e mês de 2017.

Disco de ouro – Com recursos do Ministério do Turismo, a prefeitura de Estreito assinou dois contratos sem licitação para o pagamento de cachês das duplas João Lucas e Marcelo, e Zé Ricardo e Thiago, no valor total de R$ 280 mil, para fazerem shows na festa de réveillon. Os contratos de R$ 140 mil cada foram assinados com as empresas VT Medias de Alta Tecnologia Ltda e Z.R.T. Produções e Eventos Ltda – ME.

Pé na tábua I – A prefeitura de Buriticupu resolveu encerrar 2016 com todo o gás e assinou quatro contratos com a E.N. Soares e Cia Ltda-EPP para adquirir R$ 173.768,70 em lubrificantes e combustível, consumidos entre os dias 16 e 31 de dezembro passados.

Pé na tábua II – Já em Governador Eugênio Barros, a nova gestão assinou contratos, no valor total de R$ 2.256.080,00, com a J.J. de Sousa-ME, vencedora de todos os lotes (seis) do pregão presencial para o fornecimento durante todo o ano de 2017 de combustíveis e lubrificantes.

Pé na tábua III – Com tanto combustível, a prefeitura de Eugênio Barros também se preocupou em garantir os milhares de quilômetros a serem rodados em 2017, e assinou contratos no valor total de R$ 665.340,00 com Jocinéia Mattos R. Farias, vencedora de todos os lotes (cinco) do pregão presencial para a aquisição de peças e manutenção dos veículos oficiais.

Atacadão – O prefeito de Sítio Novo, João Carvalho dos Reis (PRB), iniciou o seu novo mandato assinando dois contratos no valor total de R$ 2.289.715,70 com a T.T.T Rodrigues Eireli-ME. O primeiro de R$ 1.078.900,00 para o fornecimento de material de consumo, expediente, limpeza, didáticos e “outros”; e o segundo de R$ 1.210.815,70 para materiais de consumo e gêneros alimentícios. Ambos por um período de 12 meses.

Jalecos – Somente no Diário Oficial de 3 de janeiro deste ano que foram publicados os quatro contratos, somados em R$ 937.875,00, assinados pela Secretaria Municipal de Saúde Bacabal com Lucineide Vicente Lima-ME para o fornecimento de fardamento e malharia. Além de atrasados, os extratos não trazem as datas de assinatura, embora especifique o prazo de 31 de dezembro de 2016.

Na surdina – Quem também deixou para publicar com atraso no Diário Oficial foi a prefeitura de Buriti, que assinou quatro contratos dia 25 de fevereiro com a M Pinto Comércio – ME para fornecer material de expediente, no prazo de três dias, ao preço de R$ 1.821.927,10. Os contratos foram publicados dia 30 de dezembro.

Vestígio I – A dois meses de deixar o cargo, o prefeito de São João Batista, Fabrício Costa Corrêa Junior, resolveu exterminar os ratos e os cupins que atuavam nas escolas, e contratou por R$ 301.684,43 a L.E.P Guterres para dedetizar, descupinizar e desratizar a Educação do município.

Vestígios II – Ainda no final de outubro, Fabrício Costa Corrêa, assinou um outro contrato, desta vez para a manutenção dos prédios públicos, que ficou a cargo da Strutura Engenharia e Consultoria imobiliária Eireli – EPP, pelo preço de R$ 607.747,60.

Um comentário sobre “Deu no D.O.

  1. Pingback: Júnior de Fabrício gastou quase um milhão para exterminar ratos e fazer manutenção em prédios | Folha de SJB-MA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *